Cadela 'adota' e amamenta bezerra em fazenda de Guaçuí (ES)


Foto: Reprodução G1
Foto: Reprodução G1

Após o nascimento dos seus seis filhotes, uma cadela adotou uma bezerra em uma fazenda no interior de Guaçuí, no Sul do Espírito Santo. A cadela Malhada, divide o leite entre os filhotes e a bezerra Flor, e trata todos com o mesmo carinho.

O funcionário da fazenda, Rodrigo Barbosa, conta como foi quando descobriram a relação de afeto, que vai além da amizade.
“Estava tirando leite de manhã. E ela tem sempre o costume de ficar no meio dos bezerros, e ficar deitada por causa da friagem de manhã cedo. Quando a gente percebeu, a bezerra estava mamando nela”, conta.

A Malhada era uma cadela em situação de rua, e chegou na fazenda há pouco mais de um ano. “Ela só ficava junto com as vacas no pasto. Depois de três meses, ela começou a chegar no curral, a ter a confiança da gente. E passou a ficar aqui no curral”, lembra Rodrigo.

11
Foto: Reprodução G1

Segundo o veterinário Stelio Simões, a Flor foi estrategicamente separada da mãe, logo quando nasceu. “A gente optou por tirar o bezerro da vaca quando pare. Deixamos mamar o colosso, para manter o sistema imune. Assim tiramos o bezerro e começamos a amamentar na mamadeira. E coincidiu da Malhada ter parido próximo ao nascimento da bezerra”, disse.

Duas vezes por dia, a Flor recebe amamentação. São dois litros de leite pela manhã e dois à tarde. A quantidade é padrão para uma bezerra de quinze dias. A medida que ela vai crescendo, a quantidade de leite vai aumentando.

Foto: Reprodução G1
Foto: Reprodução G1

Mas de acordo com o veterinário, a relação de instinto materno não vai durar muito tempo. “A bezerra é muito bruta, dá muita cabeçada. E a gente tem medo de machucar. E também tem o outro lado, que a cadela está produzindo leite para seis filhotes. Se continuar, ela não vai ter alimentação para os seus filhotes”, afirma Stelio.

A cena inusitada ganhou repercussão nas redes sociais. Um vídeo publicado já foi visto quase meio milhão de vezes. E já ultrapassou onze mil compartilhamentos.

Foto: Reprodução G1
Foto: Reprodução G1

Fonte: G1


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

TURQUIA

AMOR

ASFIXIA

ATO DE AMOR

GENEROSIDADE

MOÇAMBIQUE

ÍNDIA

MINAS GERAIS

ESTUDO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>