Vice-prefeito tira jumentos das ruas e acolhe os animais em um dos seus sítios


04
Divulgação

Que existe um sério problema quanto ao abandono de animais por todo o país isso não é nenhuma novidade. No nordeste o caso ainda e bem mais complicado, pois há alguns anos o meio de transporte mais popular nas cidades e aldeias do sertão nordestino eram os famosos Jumentos, usados como transportes e na condução de carroças e explorados em outros serviços.

Mais com o passar dos anos, a situação foi mudando e o jumento foi sendo trocado pela motocicleta, um transporte bem mais moderno rápido e econômico, já que o nordeste vem sofrendo com uma seca muito grande, dificultando ainda mais a criação e cuidados dos animais.

Com isso, o jumento vem sendo abandonado, e sempre comum ver bandos de jegues as margens das BR e PB, uns feridos, outros morrendo de cede e ate de fome, além dos constantes acidentes.

No período de seca que é quando as cidades nordestinas passam pelo seu pior momento, em que poços e açudes chegam a secar esses animais sem ter para onde ir, acabam indo para a zona urbana na tentativa de matar sua fome e mais principalmente a sede, e não era diferente na pequena cidade de Riacho dos Cavalos, localizada no Sertão da Paraíba a 420 quilômetros da Capital João Pessoa.

Até o dia em que o vice-prefeito, Eudes Vieira de Araújo (Eudim de DÉ) viu uma cena que chamou sua atenção, um jumento encontrava-se em uma das principais avenidas da cidade, lambendo uma caixa de água, que é colocada na cidade para fazer a distribuição de água potável para população, foi ai que o seu coração encheu-se de compaixão por aquele animal, é logo pensou, “tenho um sítio por nome Currais Velhos a 18 quilômetros da cidade, e porque não recolher todos os animais que estão abandonados, e levá-los para um local em que tenha água, e comida?”.

E logo colocou esse belo plano em ação, e começou um tremendo resgate aos animais, e hoje graças a essa linda iniciativa, não se ver mais animais soltos nas ruas da cidade de Riacho dos Cavalos, e Eudim indicou uma pessoa que fica responsável em recolher cada jumento abandonado, levando-os para um lugar de conforto, fazendo um bem tremendo não só para os animais, mais a sociedade e ao seu coração, pois o mesmo disse estar muito feliz, principalmente quando chega no seu sítio e ver aqueles animais antes famintos e com sede, hoje saciados e protegidos.

Fonte: Riacho em Foco


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

VIDA NA RUA

RESPEITO E AFETO

FINAL FELIZ

TRISTEZA

PUNIÇÃO

MAUS-TRATOS

SEGUNDA CHANCE

CENSURA

DESPERTAR


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>