CONTEÚDO ANDA

Ativistas protestam contra morte de 38 orcas exploradas pelo SeaWorld

Redação ANDA – Agência de Notícias de Direitos Animais

Reprodução/PETA
Reprodução/PETA

Trinta e oito. Este é o número de orcas que morreram enquanto eram mantidas em cativeiro e exploradas pelo SeaWorld.

Para protestar contra este horror e mostrar  ao SeaWorld que o sangue das orcas está em suas mãos, os ativistas da PETA realizaram uma ação maciça em  San Diego (EUA).

FAÇA PARTE DO #DiaDeDoarAgora EM 5 DE MAIO

Segundo a PETA, havia 38 ativistas no parque Plaza de Panama com seus corpos pintados em referência às orcas. Cada um deles segurou uma placa com o nome de um animal morto e a sua idade quando faleceu. Já outros ativistas seguravam cartazes com críticas ao estabelecimento como “O SeaWorld mata” e “Boicote o SeaWorld”.

Reprodução/PETA
Reprodução/PETA

Em março deste ano, o parque anunciou que iria encerrar seu programa de reprodução de orcas, porém, infelizmente, isto não ajuda em nada aqueles que são abusados pelo estabelecimento.

“O anúncio de SeaWorld de que irá parar a reprodução de orcas para seus shows não é o suficiente, pois não faz nada para ajudar os animais que já estão confinados em tanques pequenos, nadando em círculos intermináveis desesperadamente”, declarou o grupo em seu site.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui