Conviver com animais pode diminuir a depressão e prevenir hipertensão


cao-ouvinte
Divulgação

Os animais domésticos além de ótimos companheiros, também podem ajudar na saúde dos humanos. Entre os vários benefícios, os animais podem desempenhar um papel importante como medida preventiva de hipertensão e no combate à depressão, problemas que acometem cerca de 30 milhões e 11,2 milhões de brasileiros, respectivamente.

A depressão apresenta o sentimento de solidão e variações no humor como alguns dos principais sintomas da doença. E é justamente nestes dois aspectos que os animais podem contribuir para a diminuição do problema. De acordo com André Assunção, psicólogo do Hapvida Saúde, isso acontece porque, além ser uma companhia fiel aos tutores, eles despertam o interesse e o cuidado com outro.

“As trocas de carinhos com os animais colaboram para a produção e liberação de serotonina e dopamina, substâncias presentes no cérebro responsáveis pela sensação de prazer e alegria. Esses neurotransmissores atuam no cérebro de modo a estabilizar o humor, além de regular o sono e o apetite, problemas comuns entre as pessoas com depressão”, explica Assunção.

Mas os benefícios não param por aí. Os animais ainda fazem bem ao coração e ajudam a reduzir a pressão arterial. Segundo Newton Rodrigues, cardiologista do Hapvida Saúde, o bem-estar provocado pela troca de afeto com os bichos de estimação reduz a quantidade de adrenalina no organismo, diminui a frequência cardíaca e respiratória, contribuindo para a diminuição da pressão arterial.

“O convívio com animais domésticos também pode estimular o tutor a ser mais ativo. As brincadeiras com os animais, bem como a caminhada para passear, são práticas que estimulam o exercício físico e a interação social, beneficiando a saúde e a qualidade de vida tanto do humano quanto dos companheiros peludos”, finaliza Rodrigues.

Divulgação
Divulgação

Fonte: Agito São Paulo


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

HOLOCAUSTO

INSPIRAÇÃO

CONSCIENTIZAÇÃO

CONSCIENTIZAÇÃO

SOLIDARIEDADE


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>