Hospital de Goiânia causa polêmica após proibir pacientes de alimentarem animais


31
Divulgação

O Hospital de Dermatologia Sanitária e Reabilitação Santa Marta (HDS), localizado na GO-403, na saída de Senador Canedo, virou alvo de polêmica nas redes sociais, após uma internauta denunciar medida adotada recentemente pela diretoria da unidade de Saúde, que teria gerado revolta em pacientes e protetores de animais.

Em um post no Facebook, uma internauta informa a respeito de uma nova norma do hospital, que passou a proibir a alimentação de animais com água e comida nas dependências da unidade. Os gatos e cachorros, conforme sugere a denúncia, já estariam habituados ao local.

“Pelo eu que sei, são 22 gatos, fora os cachorros, mas podem ter mais. Tem pacientes lá chorando, pacientes que têm amor, que cuidam e compram ração para alimentar estes animais”, relata.

A publicação já acumula quase 200 compartilhamentos, mais de 220 comentários, e tem chamado a atenção de grupos de proteção animal da capital goiana.

Procurada, a diretoria do hospital confirmou a “orientação” e explicou que o objetivo é desestimular a atração de animais em situação de rua para a unidade. A diretoria do HDS lembra que, além de proibida pelos órgãos de vigilância, a presença destes animais também colocam em risco a recuperação dos pacientes.

A recomendação teria sido direcionada aos funcionários e aos 22 pacientes que moram no HDS. A unidade de Saúde destaca, por fim, que os animais não possuem residência fixa no hospital, e que não há nenhuma informação sobre a origem dos mesmos.

O Hospital de Dermatologia Sanitária e Reabilitação Santa Marta é uma unidade de atendimento ambulatorial e hospitalar de média complexidade; atende usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) e é referência no Estado para o tratamento de pacientes com complicações provocadas pela hanseníase e outras doenças dermatológicas.

Fonte: Jornal Opção


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

CONSCIENTIZAÇÃO

SOLIDARIEDADE

NOVOS LARES

RIO CLARO (SP)

EXTINÇÃO

VISIBILIDADE


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>