Deputada denuncia maus-tratos a animais em Batalhão Ambiental


animais-silvestres
Divulgação

A deputada estadual Janaina Riva (PMDB) apresentou nesta quarta (14), requerimento em regime de urgência para que o governo do estado, por meio da Secretaria de Meio Ambiente, preste informações sobre a situação que se encontram os animais resgatados que estão alocados no Batalhão Ambiental de Mato Grosso.

Esta semana a parlamentar recebeu denúncia em seu gabinete oriunda do Sindicato dos Trabalhadores em Entidades Públicas do Meio Ambiente do Estado de Mato Grosso (Sintema) de que os animais estão com a vida em risco por demora nos processos licitatórios para compra de alimentos, medicamentos, suplementos e de contenção.

“O que nos chega é que os animais estão inclusive passando fome, mais uma vez por pura ingerência do governo do Estado. Segundo informações, faltam desde alimentação à medicamentos no Batalhão Ambiental, que conta hoje com mais de 140 animais entre papagaios, arara, periquito, coruja, tamanduá, jabuti, falcão, entre outros, o que coloca em risco as vidas deles”, justificou.

Consta da denúncia recebido pela parlamentar a coordenadoria de Fauna e Recursos Pesqueiros que tem apenas 8 servidores para atender toda a demanda do Estado é obrigado a levantar, cotar e ainda ir a campo fazer orçamentos para encaminhar o processo para licitar a compra do que precisa e ainda quando vai para a Secretaria de Gestão, simplesmente o processo não anda, comprometendo a vida dos animais que aguardam muitas vezes alimentação e remédio.

A situação está tão precária que foi sugerido aos servidores que fossem ‘mendigar’ nos supermercados para doar comida para os animais. Para alimentar os animais e comprar medicação os servidores estão tendo que usar uma modalidade que deveria ser exceção e virou rotina que é o adiantamento na conta do servidor onde o governo repassa o recurso mediante apresentação das notas.

“O Batalhão Ambiental hoje é um depósito de animais. Os policiais estão tendo que fazer a vez de tratadores nos fins de semana porque a Sema não contrata e foge das suas responsabilidades. Os servidores até sugeriram que fossem usados reeducando para tratar os animais, mas até o agora o governo não deu retorno ”, explica o Sintema.

Fonte: Folha Max


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

CATIVO EM ZOO

CRIME AMBIENTAL

RESPONSABILIZAÇÃO

ABERRAÇÃO LEGISLATIVA

ESCRAVIDÃO

EXEMPLO

CICLOVIA RIO PINHEIROS

ESTRESSE


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>