Labradora que doa sangue já salvou mais de 15 cachorros em dois anos


24
Foto: Mila já salvou mais de 15 cachorros com doação de sangue em Araraquara (TV Tem)

Em menos de dois anos, pelo menos 15 cachorros já foram salvos pela mesma doadora de sangue, a labradora Mila, de Araraquara (SP). O ato é incomum entre o mundo animal, o que gera dificuldade para as clínicas que realizam cirurgias e estão sempre com a geladeira vazia, então os veterinários reforçam a necessidade da doação. Gatos também podem participar do ato.

O primeiro passo é pesar o animal, depois é colhida uma amostra de sangue para o teste de hemograma, e então é feito um furinho no pescoço que, em menos de dez minutos, enche uma bolsa de sangue de quase meio litro. Dessa vez, o gesto vem da cachorra de cinco anos.

“Sou doadora de sangue também, adoro doar para poder ajudar as pessoas, aí gostei da ideia da minha cachorra também salvar e ajudar os outros cachorros, então ela vem para doar sangue também”, contou a manicure Gabriela Compre.

Em seguida, a doação vai para uma máquina que separa o sangue e extrato o plasma, as plaquetas, leucócitos e hemácias, já que os cães têm pelo menos oito tipos de sangue, sem contar os subtipos.

“A parte vermelha das hemácias podem salvar em casos de anemia, as plaquetas são para quando o animal tem alguma doença do carrapato e apresentam células baixas e no caso do plasma, que é a parte líquida e transparente, a gente pode usar em animais que estão desidratados, como diarreia e virose”, explicou a veterinária Flávia Coleta.

Beethoven teve anemia e recebeu doação de Mila (Foto: Paulo Chiari/ EPTV)
Beethoven teve anemia e recebeu doação de Mila (Foto: Paulo Chiari/ EPTV)

Salvando vidas
Enquanto isso, a pequena Mila continua salvando vidas. Desde que se tornou doadora, já conseguiu salvar a vida de mais de 15 cães, um deles foi o Beethoven, que sofreu de anemia, mas agora está esbanjando saúde.

Com 15 anos, o cão já teve uma melhora significativa graças ao sangue da labradora. “Depois da doação, ele teve essa melhora, ficou saudável, elétrico, e tomara que continue assim por muito tempo ainda”, contou a dona Dalva da Silva.

“É muito emocionante e gratificante, fico muito feliz em saber que o sangue da Mila pôde ajudar o Beethoven, então fico mesmo muito feliz”, relatou Gabriela.

Sangue é tirado para exame de hemograma que antecede doações (Foto: Paulo Chiari/ EPTV)
Sangue é tirado para exame de hemograma que antecede doações (Foto: Paulo Chiari/ EPTV)

Tipos de doador
Uma bolsa pode salvar até cinco cachorros, dependendo do tipo de animal e do que está sendo usado, como hemácias ou plaquetas, mas quase ninguém sabe disso.

“Muitas pessoas desconhecem que o animal pode doar sangue assim como nós, seres humanos, então é bem complicado. A gente tem que explicar que não vai fazer mal nenhum para o animal e que essas células vão se regenerar e ele vai poder estar salvando vidas”, contou a Flávia Coleta.

Também é necessário saber que nem todos podem doar. “Ele tem que estar vacinado, ter uma idade entre um e oito anos e maior ou igual a 25 quilos, além de estar em jejum para poder doar um sangue em bom estado para o receptor e para o paciente que está precisando”, disse Alessandro Galhardo, veterinário.

A doação também pode ser feita por gatos. É indicado que os interessados busquem as clínicas veterinárias particulares mais próximas, já que o serviço é feito gratuitamente.

Cachorros devem ter igual ou mais que 25 quilos e entre um e oito anos de idade (Foto: Paulo Chiari/ EPTV)
Cachorros devem ter igual ou mais que 25 quilos e entre um e oito anos de idade (Foto: Paulo Chiari/ EPTV)

Fonte: G1


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

AÇÃO HUMANA

CONSCIENTIZAÇÃO

ABUSO

ÓRFÃO

COREIA DO SUL

SOB INVESTIGAÇÃO

AGRESSÃO BRUTAL


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>