Elefanta explorada pela indústria madeireira faz novas amigas em santuário


Redação ANDA – Agência de Notícias de Direitos Animais

Reprodução/BoonLott's
Reprodução/BoonLott’s

Assim como seus primos africanos, os elefantes asiáticos estão seriamente ameaçados. O desmatamento e a caça representam ameaças graves para as populações da espécie e, em grande parte da Ásia, ver elefantes selvagens é cada vez mais raro.

Há muitos elefantes que vivem como animais “domésticos” que foram capturados na natureza e explorados pelo turismo e pela indústria madeireira.

É evidente que esta não é a vida que os animais deveriam ter. Felizmente, o Boon Lott Elephant Sanctuary trabalha para acabar com esta crueldade e resgata elefantes de situações abusivas, dando-lhes uma segunda chance.

Reprodução/BoonLott's
Reprodução/BoonLott’s

No santuário, os elefantes não são  tratados como objetos que devem entreter convidados ou transportar objetos pesados, mas são livres para  aproveitar a vida em contato com a natureza.

Os elefantes são animais extremamente sociáveis, por isso, é incrível quando observar quando eles têm a oportunidade de viver  em liberdade com outros companheiros. A felicidade da elefanta Permpoon ao se reunir com outros animais no Boon Lott  é um exemplo disso.

Reprodução/BoonLott's
Reprodução/BoonLott’s

Esta elefanta gentil e idosa foi resgatada da indústria madeireira. Apesar de ter ferimentos na cabeça e nas pernas, ela parecia ansiosa por conhecer os outros elefantes residentes ali.

As elefantas do santuário são carinhosamente chamadas de “gossip girls.” A espécie vive em sociedades matriarcais, por isso, quando Boon Thong, uma das líderes, estendeu a tromba para Permpoon, foi um sinal claro de que ela seria perfeita para o grupo. Logo elas se deram bem e ficaram juntas para aproveitar o dia.

Como as pessoas, elefantes constroem laços profundos com seus amigos e familiares. Embora Permpoon tenha um passado traumático, não há dúvidas de que, com novas amigas ao seu lado, ela poderá se recuperar.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

AMOR CANINO

FAKE NEWS

GANÂNCIA

SEQUESTRO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>