Mais de 300 renas são mortas por raios na Noruega


Redação ANDA – Agência de Notícias de Direitos Animais

Foto: Havard Kjotvedt
Foto: Havard Kjotvedt

A Agência Norueguesa Ambiente divulgou imagens que mostram um amontoado de carcaças de renas que foram atingidas por raios em uma área pequena na montanha de Hardangervidda.

Segundo o órgão, 323 animais foram mortos, incluindo 70 bezerros. “Não é incomum que renas ou outros animais selvagens sejam mortos por raios, mas este foi um incidente excepcionalmente mortal”, declarou o porta-voz da agência Kjartan Knutsen.

Segundo ele, as renas tendem a ficar muito próximas umas dos outras durante condições climáticas semelhantes, o que poderia explicar como tantas foram mortas de uma só vez.

“Eu não sei se houve várias quedas de raios. Mas isso aconteceu rapidamente”, completou. Knutsen declarou que a agência está discutindo o que fazer com os animais mortos. “Normalmente, elas deixadas morrempara deixar a natureza seguir seu curso”.

Com a mudança das estações, milhares de renas migram por meio do planalto Hardangervidda, na zona oeste do país.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

AMOR

VIDA NOVA

RIO DE JANEIRO

ALTERNATIVA VEGANA

GENEROSIDADE

REABILITAÇÃO

EMPATIA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>