Dublin proíbe definitivamente exploração de animais selvagens por circos


Redação ANDA – Agência de Notícias de Direitos Animais

Reprodução/WorldAnimalNews
Reprodução/WorldAnimalNews

 

“Estou radiante com a aprovação da moção. Esta é uma prática ultrapassada e cruel que não deve ocorrer na Irlanda hoje”, declarou Reilly.

“Treinar e torturar animais para executar truques para o nosso entretenimento em um ambiente não natural é desumano e degradante. Não só isso, mas os animais ficam acorrentados ou enjaulados por até 24 horas por dia e só são soltos para as apresentações”, adicionou.

John Carmody, um porta-voz do grupo Rede de Ação pelos Direitos Animais completou: “Graças à votação a favor da lei, agora estamos mais perto de uma proibição nacional sobre o uso de animais em circos irlandeses”.

“Com os países em todo o mundo introduzindo leis semelhantes, a Irlanda ainda tem muito a fazer para superar nossos pontos de vista ultrapassados sobre o uso de animais para o entretenimento na modernidade”.

Nota da Redação: A mídia local noticia que “animais selvagens como elefantes, leões, hipopótamos, camelos, cavalos, crocodilos e tigres” deixarão de ser explorados nos espetáculos circenses, mas não cita se a condição de outros animais considerados “domésticos” como cavalos e cães também mudará com a nova lei. O sofrimento é o mesmo, independentemente da espécie, por isso só será comemorado de fato quando todos os animais estiverem livres do abuso em nome do entretenimento.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

GOIÂNIA (GO)

MÉXICO

ACIDENTE

AMOR

EMPATIA

AMOR

CRUELDADE

CHINA

FINAL FELIZ


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>