Vereadores de Dublin aprovam proibição da exploração animal em circos


Redação ANDA – Agência de Notícias de Direitos Animais

Reprodução/RTENews
Reprodução/RTENews

Os vereadores da cidade de Dublin, na Irlanda, aprovaram uma moção que proíbe circos que exploram animais selvagens de se instalarem na região.

A medida foi bem recebida pela Sociedade Irlandesa para a Prevenção da Crueldade Contra os Animais cujo CEO Andrew Kelly afirmou que agora é o momento para uma proibição nacional, relatou o RTE News.

O grupo de direitos animais ARAN disse que a Irlanda está um passo mais próxima de proibir o uso de animais em circos em todo o país.

No entanto, o grupo acrescentou que ainda há muito trabalho a ser feito para combater “nossos pontos de vista ultrapassados de usar animais para entretenimento na modernidade”.

A moção foi apresentada pela vereadora Noeleen Reilly. Ela pediu para “o ministro da Agricultura e Desenvolvimento Rural introduzir e garantir a aplicação de uma proibição rigorosa sobre o uso de animais selvagens não domesticados em circos”, e para a Câmara Municipal “proibir o uso de terras de Dublin por circos com animais selvagens até que uma lei decrete uma proibição”.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

AMOR

EMPATIA

AMOR

CRUELDADE

CHINA

FINAL FELIZ

POLUIÇÃO

COMPAIXÃO

VIOLÊNCIA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>