Mulheres que tutelam animais correm menor risco de AVC


Divulgação
Divulgação

Um estudo realizado pela Faculdade de Saúde Pública da Universidade de Georgia, nos Estados Unidos concluiu que mulheres que têm animais domésticos correm um menor risco de morrer por causas cardiovasculares, como um AVC.

A pesquisa mostra ainda que o benefício é maior para mulheres com mais de 50 anos, sendo o gato relacionado a um risco menor de ter a doença.

Embora se tenha verificado que tantos os homens com animal doméstico como os homens que não tinham este companheiro apresentavam uma taxa de morte idêntica, no caso das mulheres, a presença de um animal doméstico fez cair a probabilidade de um AVC em 40%.

Foram analisados 4 mil adultos. Viu como um animal pode te ajudar mais do que você imagina.

Fonte: Agora MT


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

CONSERVAÇÃO

MUDANÇAS CLIMÁTICAS

MAUS-TRATOS

HABITATS DESTRUÍDOS

OMISSÃO

ECONOMIA CIRCULAR

DEDICAÇÃO

TECONOLOGIA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>