Polícia procura assassino de gatos em bairro nobre de Belo Horizonte (MG)


Divulgação
Divulgação

A Delegacia de Crimes Contra Animais de Belo Horizonte investiga o suspeito de promover a morte de gatos, no bairro Belevedere, na região centro-sul da capital. Moradores que cuidam dos animais estão revoltados com o ato cruel contra os animais, que foram vítimas de envenenamento por chumbinho.

A arquiteta Adriane Feitosa é uma das cuidadoras que está passando pelo drama da perda dos gatos que cria em sua casa. Quase todos os gatos que criava, o total de 26 foram mortos. Apenas cinco continuam vivos e não saem de perto da tutora. “Acho que é ignorância e crueldade, não tem outra motivação”.

A polícia informou que vai começar a ouvir pessoas que moram na região sobre o caso. Faixas e publicações em redes sociais foram feitas por donos dos animais de estimação para denunciar o crime. A matança parece que deu uma trégua, segundo a psicóloga Patrícia Salles, que cria gatos há quatro anos.

“Eram 11 gatos fixos, que eu criava. Alguns vinham ocasionalmente buscar ração. Em duas semanas, foram todos mortos. Pode ser porque os gatos faziam bagunça, miavam à noite, mas nada justifica uma atitude dessas”.

Do outro lado da cidade, no campus da UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais), na Pampulha, uma situação bem parecida acontece com os bichanos da região. A socióloga Silvana Coser conta que a matança dos gatos é fenômeno recorrente no campus.

“É um grande número de mortes de gatos que acontecem juntas. A gente chama de matança, mas recentemente foram seis mortes entre adultos e filhotes”.

Fonte: Notícias R7


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

CALIFÓRNIA

ANGÚSTIA

COMPANHIA

VIOLÊNCIA INJUSTIFICADA

ASSASSINATO BRUTAL

EXEMPLO

AGROPECUÁRIA

POVOS ORIGINÁRIOS

FINAL FELIZ


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>