Cão que teve nariz arrancado pelo ex-tutor é finalmente adotado nos EUA


Redação ANDA – Agência de Notícias de Direitos Animais

Reprodução/AndreaLaHaye
Reprodução/AndreaLaHaye

O cão Anubis morava no Egito, onde sofreu maus-tratos tão terríveis que acabou perdendo seu nariz. Mas, felizmente, foi salvo e encontrou um novo lar no Texas – e chorou emocionado durante sua primeira noite com a família.

Porém, quando sua tutora Kelly Hutson deitou-se e ficou no chão ao lado dele, Anubis parou de chorar e não se mexeu durante o resto da noite. Ficou claro que ele precisava de contato e carinho humano, informou o The Dodo.

“Quando eu o trouxe para casa na noite passada eu sentei com ele e tudo o que ele queria era colocar a cabeça em mim e que eu o amasse”, disse Hutson.

Anubis chegou à casa de Hutson em Spring, no Texas, no domingo (17).

Foi a etapa final de uma jornada que começou debaixo de um carro estacionado nas ruas de Cairo, onde ele tinha sido encontrado por um grupo de resgate local, encolhido e sangrando, sendo que metade de seu focinho havia sido cortada.

A equipe de resgate declarou que o antigo tutor tinha punido o cão severamente apenas por latir.

Reprodução/KellyHutson
Reprodução/KellyHutson

Um grupo com sede nos Estados Unidos chamado Resgate e Reabilitação de Animais com Necessidades Especiais (SNARR) interveio para que o cão pudesse chegar ao país.

O caminho envolveu inúmeros voluntários até que o cão finalmente chegasse no Texas em janeiro.

Ele se tornou uma espécie de celebridade, conquistando manchetes em todo o mundo, mas nunca havia sido acolhido por um verdadeiro lar. Parecia que todos o amavam, mas ninguém o adotava.

Então Hutson viu uma foto do cão na internet.

“Eu simplesmente sabia que ele que ele tinha que vir morar comigo. Eu tinha a responsabilidade de protegê-lo e amá-lo. Ele tinha sido tão terrivelmente prejudicado. Eu tinha vergonha de que um ser humano tinha feito isso “.

“Fiquei pensando em como ele é doce e gentil mesmo com o que passou. Estou tão orgulhosa de ser sua nova tutora”, completou ela.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

SALVAMENTO

NOVO LAR

COMPAIXÃO

GANÂNCIA

CAMINHO OPOSTO

ÁFRICA DO SUL

ESTADOS UNIDOS

CRUELDADE

ESTUDO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>