Filhotes de morcego são salvos do frio por especialista na Austrália


Redação ANDA – Agência de Notícias de Direitos Animais

Reprodução/AustraliaZoo
Reprodução/AustraliaZoo

Se esses morcegos bebês, da espécie raposas voadoras, não tivessem sido encontrados a tempo, eles provavelmente teriam morrido durante o inverno australiano.

Felizmente, uma especialista em morcegos na região de Gold Coast encontrou os animais quando eles mais precisavam de ajuda, informa o The Dodo.

No dia 30 de junho, depois de terem caído de uma árvore no frio, 28 morcegos foram encontrados e receberam ajuda no Hospital Australia Zoo Wildlife.

O resgate rapidamente se tornou um esforço em conjunto que contou com a equipe do hospital, uma vez que os morcegos estavam sofrendo de hipotermia.

Esta situação foi incomum, conforme apontado em um comunicado de imprensa. As raposas vermelhas voadoras geralmente não são vistas com seus filhotes no extremo sul da Austrália, já que elas normalmente têm seus bebês na região norte e em dias mais quentes.

Reprodução/AustraliaZoo
Reprodução/AustraliaZoo

“Na maioria das vezes, a mãe deixa seu bebê em uma árvore enquanto sai em busca de alimento e retorna para cuidar do bebê em seguida”, disse o comunicado.

“No entanto, neste caso, supomos que os bebês não conseguiram enfrentar as temperaturas mais frias na ausência de suas mães e caíram da árvore”, completava.

Os bebês morcegos foram aquecidos com uma combinação de fluidos eletrólitos e cobertores específicos para morcegos.

Para ajudá-los a manterem a calma durante esse período estressante, eles receberam mimos especiais.

“Filhotes de morcego são acalmados de forma semelhante a crianças humanas de modo que cada um dos 28 pacientes recebeu a sua própria chupeta também”, disse Rebecca Miller, uma dos veterinárias atendeu os morcegos no hospital.

Depois que os morcegos receberam um tratamento inicial no hospital, eles foram colocados sob os cuidados da especialista que os encontrou.

Ela irá cuidar deles até que eles estejam prontos para retornar à vida selvagem.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

LUTO

FLORIANÓPOLIS (SC)

INOVAÇÃO

AMOR

ESTUDO

ÁFRICA DO SUL

CÂNCER DE PELE

CONSERVAÇÃO

MUDANÇAS CLIMÁTICAS


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>