Arturo, último urso polar da Argentina, morre após anos de exploração em zoo


Redação ANDA – Agência de Notícias de Direitos Animais

Foto: Reprodução/Los Andes
Foto: Reprodução/Los Andes

Arturo, o último urso polar em cativeiro na Argentina, morreu domingo no Zoológico de Mendoza após uma vida de exploração.

Ele tinha 31 anos e seu falecimento ganhou as manchetes da mídia nacional e internacional. Sua história de vida foi marcada pelo conflito entre os ativistas pelos direitos animais que tentavam salvá-lo e os exploradores que o mantiveram confinado até seus últimos dias.

Conforme comunicado oficial, o urso já havia entrado em um estado delicado de saúde. “Ele apresentou um quadro clínico terminal devido à sua idade avançada e, apesar dos esforços da equipe veterinária, o processo se tornou irreversível e a falência múltipla de órgãos foi inevitável. Na sexta-feira, a equipe de veterinários e autoridades ambientais acompanharam as últimas hora do animal, cuja morte foi tranquila. “, relatou o governo.

arturo2

 

Arturo apresentava  perda de apetite, diminuição expressiva do seu peso e perda de visão e olfato.

Com a morte emblemática, o zoo está mais uma vez no alvo dos defensores dos direitos animais, que lutam incansavelmente pelo fim da exploração animal em nome do entretenimento.

Como pano de fundo do adeus à Arturo, está a luta pela aprovação  do projeto que poderá transformar o zoo em um Ecoparque e libertar seus animais.

Arturo viveu 23 anos encerrado na prisão de Mendoza, após ser trazido dos EUA. Ele ficou famoso na região e todos já o conheciam pelo nome.

Em 2012, um outro urso polar que vivia no zoo de Buenos Aires morreu devido a uma onda de calor, o que aumentou ainda mais a pressão para libertar Arturo em um santuário do Canadá. Na época, Arturo ficou conhecido como “o urso mais triste do mundo”, por ter sido condenado a um destino miserável em um zoológico, longe de seu habitat e do clima necessário ao seu bem-estar.

Infelizmente, a libertação de Arturo veio apenas com seu falecimento, tendo vivido todos esses anos encarcerado sem ter cometido nenhum crime.

Nota da Redação: A batalha pela libertação de Arturo se arrastou por anos, mantendo o animal sempre na mídia, mas o mesmo público que o aclama muitas vezes é o mesmo que paga um ingresso do zoo para financiar sua exploração e a de tantos outros animais. Nem mesmo a crueldade de expor um urso polar a um clima quente foi suficiente para conseguir o resgate do animal a tempo. A morte de Arturo é mais um símbolo da  luta contra os zoológicos, e sua memória será lembrada até que todos os animais sejam livres.

 

 


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

__CONFIG_colors_palette__{"active_palette":0,"config":{"colors":{"62516":{"name":"Main Accent","parent":-1}},"gradients":[]},"palettes":[{"name":"Default Palette","value":{"colors":{"62516":{"val":"rgb(255, 255, 255)"}},"gradients":[]}}]}__CONFIG_colors_palette__
DOE AGORA

COMPARTILHE:

Você viu?

PROTEÇÃO ANIMAL

CRIME

ASCENSÃO

TESTAMENTO

ATO HEROICO

SUSTENTABILIDADE

RECORDE

AÇÃO HUMANA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

__CONFIG_colors_palette__{"active_palette":0,"config":{"colors":{"cf6ff":{"name":"Main Color","parent":-1},"73c8d":{"name":"Dark Accent","parent":"cf6ff"}},"gradients":[]},"palettes":[{"name":"Default","value":{"colors":{"cf6ff":{"val":"rgb(243, 243, 243)","hsl":{"h":0,"s":0.01,"l":0.95}},"73c8d":{"val":"rgb(217, 216, 216)","hsl_parent_dependency":{"h":1,"l":0.85,"s":-0.05}}},"gradients":[]}}]}__CONFIG_colors_palette__
OK
Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support
>