CONTEÚDO ANDA

Renomada primatóloga defende que gorila Harambe tentava proteger criança

Redação ANDA – Agência de Notícias de Direitos Animais

Reprodução/Yahoo
Reprodução/Yahoo

Jane Goodall, uma das primatólogas mais renomadas do mundo, escreveu um e-mail para o diretor do zoológico de Cincinnati, alegando o gorila Harambe estava tentando proteger a criança que estava em seu recinto, antes de ser morto.

A cientista e ativista pelos direitos animais manifestou suas condolências em meio à reação nacional sobre o assassinato a tiros do gorila de 17 anos, informa o Yahoo.

FAÇA PARTE DO #DiaDeDoarAgora EM 5 DE MAIO
Reprodução/Yahoo
Reprodução/Yahoo

“Parecia que o gorila estava colocando um braço em volta da criança como a fêmea que resgatou uma criança em Chicago. De qualquer forma, é uma perda devastadora para o zoológico e para os gorilas”, escreveu Goodall de acordo com a correspondência do Instituto Jane Goodall divulgada publicamente.

Goodall pode ter se referido ao incidente de 1996 no zoológico de Brookfield, em Illinois, no qual um gorila fêmea resgatou um menino com segurança depois que ele caiu em um fosso.

Harambe foi morto a tiros e o zoológico pode enfrentar acusações criminais, disse um promotor na última terça-feira (31).Goodall também questionou como os outros dois gorilas fêmeas que viviam com Harambe reagiram a sua morte.

“Eles são autorizados a ver e expressar suas dores que são tão importantes?”

Segundo um porta-voz do Instituto Jane Goodall, a primatóloga se recusou a fazer outros comentários.

1 COMENTÁRIO

  1. Com todo o meu respeito à primatóloga , mas se o gorila estava protegendo o menino com aqueles dois arrastões, eu queria ser desprotegida por ele…..

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui