CONTEÚDO ANDA

Porcos explorados demonstram afeto em meio ao sofrimento

Redação ANDA – Agência de Notícias de Direitos Animais

Reprodução/OneGreenPlanet
Reprodução/OneGreenPlanet

A maioria das pessoas sabe que por trás das portas de fazendas industriais há apenas crueldade. Porcos, galinhas e vacas são tratados brutalmente e amontoados em galpões apertados e sujos onde eles mal têm espaço para se movimentar.

Como outros animais, os porcos sentem felicidade e, certamente, dor. Eles são muito inteligentes e formam memórias de longo prazo. Além disso, sentem empatia uns pelos outros, diz o One Green Planet.

Essa imagem retrata um momento extremamente carinhoso entre dois desses animais.

Embora estejam em condições de vida miseráveis e sejam considerados apenas produtos pela indústria da carne, um porco compreensivo se estende para outro e ambos compartilham um beijo, em um breve momento de cumplicidade diante da brutalidade com que são explorados.

Esse é mais um exemplo que mostra que a sociedade precisa abrir os olhos e parar de consumir produtos de origem animal.

Esses animais têm personalidades, sentimentos e um desejo inegável de viver e merecem ser respeitados – o que só pode se tornar realidade com a adoção  do veganismo e hábitos livres de crueldade.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui