KATIE CLEARY

Modelo e atriz conta sobre sua luta pelos direitos animais

Desde que era criança, a modelo e atriz Katie Cleary amava os animais e soube que queria lutar pelos seus direitos. Cleary, que participou da série de televisão America’s Next...

237

28/06/2016 às 19:00
Por Redação

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Katie Cleary, Arquivo Pessoal

Desde que era criança, a modelo e atriz Katie Cleary amava os animais e soube que queria lutar pelos seus direitos. Cleary, que participou da série de televisão America’s Next Top Model, fundou a organização sem fins lucrativos Peace 4 Animais (Paz para os Animais) cujo foco é proteger espécies ameaçadas de extinção.

Para ajudar a divulgar questões relacionadas aos animais, ela também criou o portal World Animal News, uma rede de notícias que se preocupa em informar as pessoas sobre direitos animais e que tem parceria com a ANDA.

Cleary também trabalha na produção de documentários que expõem a situação dos animais ao redor do mundo. O filme “Give me shelter” conquistou o prêmio de melhor documentário em curta-metragem no Festival de Cinema de Hollywood, em Los Angeles em 2013. Nessa entrevista exclusiva, ela fala mais sobre seus projetos e planos sobre direitos animais.

ANDA: Quando você começou a se interessar pelos direitos animais?

Katie Cleary – Quando eu era mais jovem, comecei a resgatar e reabilitar animais e fui voluntária em muitos abrigos de animais. Ajudei a arrecadar fundos para 10 instituições de caridade diferentes em Chicago, depois de me formar na faculdade, e sempre quis começar a minha própria organização de bem-estar animal.

Quando me mudei para a Califórnia, eu sabia que aumentar a conscientização sobre o bem-estar animal em uma escala global e queria continuar nesse caminho de salvar os animais, com foco na proteção de espécies ameaçadas de extinção.

ANDA: Qual é o propósito da Peace 4 animals?

Katie Cleary – A Peace 4 Animals é uma organização de bem-estar animal sem fins lucrativos que eu fundei em 2012. Nosso foco é a proteção de espécies ameaçadas pela caça, pela caça de “troféus”, por corporações, e pelo mercado negro que comercializa essas espécies. Nós também ajudamos na aprovação de leis que auxiliam na proteção e conservação dos animais e de seus habitats.

ANDA: Atualmente, a Peace 4 Animals trabalha em parceria com a Compaixão Social na Legislação para educar as crianças sobre a vida selvagem e sustentabilidade. Como este projeto funciona?

Katie Cleary – Recentemente, aprovamos a Emenda para Educação Humana na Califórnia para ensinar as crianças a terem compaixão por todos os seres vivos e educá-las sobre sustentabilidade.

Algumas de nossas conquistas foram a aprovação por unanimidade da Resolução para Educação Humana na Assembleia do Comitê Educacional, a proibição de armadilhas para linces pelo Departamento de Pesca e Vida Selvagem da Califórnia em novembro de 2015 e a proibição de fábricas de filhotes de cachorros na cidade de Los Angeles.

Um estudante de Chicago afirmou ter se inspirado no nosso trabalho para criar uma petição que visa acabar com as fábricas de filhotes também em Chicago.

ANDA: A Peace 4 Animals começou uma campanha para arrecadar fundos para realizar uma viagem à África para ajudar a combater a caça de animais selvagens. Como será essa viagem e qual será o papel que a Peace 4 Animals desempenhará?

Katie Cleary – Estamos tentando levantar fundos para ir à África ainda neste ano para levar muitos suprimentos necessários junto aos nossos parceiros, os grupos Rhino Saverz e Pit Track que atuam contra a caça de animais na África do Sul. Pretendemos também filmar o nosso segundo documentário “We Are One” a sequência de “Give Me Shelter”.

ANDA: Você também fundou o portal de notícias World Animal News. Qual é o objetivo do portal e como ele pode ajudar a dar visibilidade aos direitos animais?

Katie Cleary – Fundei o World Animal News em 2012 e começamos como um programa de rádio. No ano passado, ele foi transformado em uma rede de notícias. É basicamente, uma “CNN” para assuntos de bem-estar animal em todo o mundo.

Nosso objetivo é informar, educar e expor questões animais cruciais que não teriam destaque na grande mídia. Trabalhamos com o auxílio de defensores de direitos animais, celebridades e dirigentes de algumas organizações de proteção animal.

Incentivamos as pessoas a se mobilizarem para que possamos trabalhar juntos em uma escala global e, assim, conseguir melhores condições para todos os animais ao redor do mundo.

ANDA: Você produziu o premiado documentário “Give me shelter”. Poderia falar um pouco mais sobre ele e como seu conteúdo foi pensado?

Katie Cleary – Em “Give me shelter”, discutimos e ajudamos várias espécies animais, ou seja, orangotangos, tigres, rinocerontes, elefantes, lobos, cavalos, baleias, golfinhos. Discutimos o mercado negro de animais exóticos, fábricas de filhotes, a caça de focas, a indústria de peles, os circos etc.

Ao abordar todas essas questões, queremos expor o que realmente está acontecendo com os animais em todo o mundo. Nosso intuito é educar o público sobre temas tão importantes e motivar nossos espectadores a ajudar a criar mudanças positivas.

ANDA: Recentemente, algumas companhias da indústria da moda, como o grupo Armani e a Calvin Klein anunciaram que irão parar de usar pele de animais em seus produtos. Como modelo e ativista, como você avalia esta indústria?

Katie Cleary – Estou emocionada com a decisão desses grupos e desejo que os designers da indústria da moda façam o mesmo. Agora é o momento de uma “moda compassiva” e, por isso, a Peace 4 Animais está lançando uma linha de camisetas, em colaboração com a FTLA, para celebrar os designers que decidiram escolher a compaixão acima da moda!

Essa linha se chama “Faça da compaixão uma moda” e as camisetas estarão disponíveis no site FTLA.

ANDA: Qual é a importância da parceria entre a World Animal News e a ANDA e quais são suas expectativas sobre ela?

Katie Cleary – A World Animal News está muito animada para unir forças com a ANDA e divulgar em todos os Estados Unidos e na América do Sul que o abuso animal, a negligência, a caça, os assassinatos e outras crueldades contra animais não serão toleradas e serão expostas para que o mundo saiba o que está acontecendo com essas espécies e como podemos salvá-las.

É uma parceria muito importante e este é o primeiro passo para divulgar questões de bem-estar animal e ensinar as pessoas a terem compaixão por todos os seres vivos.

ANDA: Quais são os seus planos e perspectivas em relação ao seu trabalho pelos direitos animais?

Katie Cleary – Meu objetivo é produzir e apresentar o primeiro programa de televisão da World Animal News em uma rede de notícias importantes como a CNN, para que possamos conscientizar o público sobre o bem-estar animal e salvar essas espécies antes que seja tarde demais.
Além disso, quero produzir mais documentários que expõem a verdade sobre o que está acontecendo em relação a temas fundamentais para o bem-estar animal em todo o mundo.

Eu também gostaria de iniciar o santuário de Resgate e Reabilitação de Animais da Peace 4 Animals na África do Sul em breve.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.