Com doações, apenados de Pelotas (RS) constroem casas para cães em situaçõ de rua


22
Divulgação

Apenados do Presídio Regional de Pelotas, no Sul do Rio Grande do Sul, têm construído casinhas de cachorro para os animais que vivem em praças e nas ruas da cidade. A fabricação é feita por presos que atuam na oficina de marcenaria. A cada três dias trabalhados, eles têm um dia de pena removido.

Com o frio mais rigoroso das últimas semanas os trabalhos foram intensificados. Conforme a Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe) mais de seis unidades são entregues semanalmente. A madeira, os pregos e as telhas que são usadas para construir as casinhas foram doadas pela comunidade.

Conforme o diretor do Presídio Regional de Pelotas, Fluvio Bibolz, os pedidos por mais abrigos para os animais tem aumentado a cada dia, e as redes sociais têm sido usadas para pedir mais doações.

Uma das dificuldades encontradas é o transporte das casinhas, apesar do empenho da comunidade em doar.

Fonte: G1


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

AÇÃO HUMANA

CONSCIENTIZAÇÃO

ABUSO

ÓRFÃO

COREIA DO SUL

SOB INVESTIGAÇÃO

AGRESSÃO BRUTAL


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>