Duque de Caxias (RJ) lança serviço de emergência para cães e gatos em situação de abandono


Divulgação
Divulgação

A Prefeitura de Duque de Caxias lançou nesta quarta-feira (22/06), na Praça do Pacificador, no Centro, o Serviço de Atendimento Móvel Veterinária (Samuvet). Nesta etapa, o projeto, que faz parte do Programa de Bem-Estar Animal (PBEA), visa atender os animais de pequeno porte (cães e gatos) em situação de vulnerabilidade. O serviço é gratuito e pode ser solicitado de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h, através do telefone 2671-6687, apartir desta quinta (23/06). Além do Samuvet, foi lançada a campanha ‘Todo mundo merece um animal de estimação’ para incentivar a adoção de animais no município.

O vice-prefeito Laury Villar destacou a importância do cuidado com o animal no município. “É muito importante que a cidade tenha políticas públicas voltadas para os animais. Muitas vezes eles acabam passando despercebido. Duque de Caxias está saindo na frente. Isso é resultado de planejamento de governo. Fico feliz por ver essa preocupação com os animais”, afirmou.

O Samuvet vai funcionar ao estilo do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu). Após solicitação por telefone, um veterinário vai até o local realizar o primeiro atendimento e caso seja necessário, o animal é encaminhado para uma clínica veterinária parceira do PBEA para tratamento. A pessoa que fez a solicitação pode ficar responsável pelo animal. Caso contrário, o Samuvet o encaminhará para um lar temporário até sua recuperação e o colocará no programa de adoção.

“Muitos animais, além de doenças, sofrem violência humana e acabam morrendo por falta de socorro. Exemplo disso são os diversos chamados que recebemos para atendimento a gatos que sofrem tentativas de envenenamento. Esses também serão atendidos pela gente. O Samuvet vai funcionar como um serviço veterinário avançado. Vamos atender nos quatro distritos”, destacou Vanderlei da Silva Souza, diretor do PBEA.

A aposentada Elza de Castro, de 65 anos, esteve na Praça do Pacificador para buscar mais informações e elogiou o projeto. “Adoro cachorros, tenho dois em casa. Um eu comprei e o outro adotei após ele sofrer um acidente em frente de casa. Onde eu moro, em Jardim Primavera, vejo muitos animais em situação de abandono. É bom saber que agora temos um serviço de atendimento para esses animais em caso de emergência. É muito importante que se dê esse primeiro passo”, disse Elza.

Durante o evento, também foram distribuídos pacotes de rações doados por empresas parceiras do PBEA e dadas orientações sobre os cuidados e direitos básicos dos animais.

Fonte: Baixada Fácil


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

TRATAMENTO MÉDICO

PROGRESSO

GANÂNCIA

DESTRUIÇÃO AMBIENTAL

COREIA DO SUL

VEGANISMO

PRESSÃO PÚBLICA

RESILIÊNCIA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>