Ativistas protestam contra morte de 200 antílopes na Índia


Redação ANDA – Agência de Notícias de Direitos Animais

Reprodução/Pavan Khengre
Reprodução/Pavan Khengre

Pelo menos 30 ativistas pelos direitos animais, munidos com cartazes e banners, se reuniram em frente ao Instituto Ranade para protestar contra as mortes de antílopes Nilgai.

A manifestação, que durou duas horas, foi organizada pelos grupos Wild a Vriksham, que, respectivamente, trabalham pelos animais e pelo ambiente, diz o Indian Express.

Vinod Jain, um dos organizadores, disse: “O passo dado pelo governo não é só desumano e sem sentido, mas também covarde. Há tantas soluções para o problema e não havia necessidade de matar 200 Nilgais”.

“Em primeiro lugar, os homens entram no território desses animais e, em seguida, eles se queixam. Suas lavouras estão sendo destruídas”, completou.

Jain sugeriu métodos alternativos que poderiam ter sido adotados em vez de matar os animais, como cercar as fazendas com plantas espinhosas ou cercas de segurança com energia solar com uma voltagem entre 40 e 80 watts.

“Mesmo após matarem os animais, o governo pode garantir que nenhum deles irá entrar em qualquer campo cultivo?”, questiona ele, acrescentando que o movimento é contra a Constituição indiana, que defende a proteção da vida selvagem e do meio ambiente.

Recentemente, a ministra da União Maneka Gandhi criticou a decisão do ministro do ambiente Prakash Javadekar de autorizar a morte de 200 Nilgais em Bihar depois de ter recebido relatórios sobre colheitas sendo destruídas.

Muitos ativistas pelos direitos animais em todo o país têm criticado a decisão nas mídias sociais também.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

ÍNDIA

MINAS GERAIS

ESTUDO

CONSUMO CONSCIENTE

PROTEÇÃO

AMOR PROFUNDO

ÍNDIA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>