Grupos de resgate lutam para salvar animais abandonados do assassinato em Qtar


Redação ANDA – Agência de Notícias de Direitos Animais

Reprodução/TNRDogs
Reprodução/TNRDogs

Como muitos exilados deixam Qatar neste verão, voluntários de resgate de animais querem levar os animais domésticos da região para que eles não acabem desabrigados ou, pior, mortos a tiros.

De acordo com muitos socorristas, pelo menos algumas vezes por vês surgem corpos de cães desabrigados mortos por armas de fogo, diz o Doha News.

Voluntários da TNR Cães de Qatar relataram que recentemente foram alimentar 42 cães e filhotes, na estrada F-Ring, e quando chegaram ao local, se depararam com oito cães mortos.

Com medo de que isso acontecesse com os outros animais, os voluntários procuraram abrigo para eles, o que levou uma grande quantidade de tempo devido à lotação da maioria dos abrigos para animais em Qatar nesta época do ano.

De acordo com Marguerite Cadegan, fundadora da TNR Cães de Qatar, o assassinato de animais desabrigados é um problema maior dentro de Doha do que em áreas menos povoadas.

Enquanto algumas pessoas dizem que os policiais locais estão por trás destes tiroteios, o Ministério da Câmara Municipal e do Meio Ambiente (MME), disse que o governo não endossa essa política.

Reprodução/DogsinDoha/Facebook
Reprodução/DogsinDoha/Facebook

Em uma declaração à Doha News, o MME disse que executa um programa da TNR em que os são examinados para checar doenças e castrados e depois libertados.

Porém, os animais que se comportam de forma considerada perigosa ou que estão doentes têm suas mortes induzidas.O abuso de animais é crime no Qatar, punível com multas e prisão, mas não há nenhuma penalidade para o abandono.

No final de 2015, funcionários do Qatar prometeu que as sanções mais duras seriam implementadas em casos de abuso de animais.

O número de animais abandonados no Qatar não está documentado, mas o Departamento de Recursos Animais do MME têm tentado registrar todos os animais que visitam sua clínica, bem como coletar informações de veterinários privados.

O uso de microchips nos animais domésticos também é uma medida que está em andamento.

De acordo com Cadegan, a principal razão para o aumento de animais desabrigados é a falta de pesquisa das pessoas quando decidem viver com um animal doméstico.

Segundo ela, quando os tutores percebem que o tamanho da responsabilidade com os animais, eles eventualmente, os jogam nas ruas.
Isso aumenta o número de animais abandonados e o número de queixas que levam a suas mortes.

Em um comunicado, o MME afirmou que tem trabalhado na construção do maior abrigo de animais do país em Umm Salal.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

AÇÃO SOCIAL

AÇÃO SOCIAL

PRECAUÇÃO

ÍNDIA

ESTUDO

ÓRFÃO

ARTIGO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>