Autoridades resgatam mais de 100 cães de um criadouro na Espanha


Divulgação/MeusAnimais
Divulgação/MeusAnimais

Os maus-tratos a animais estão cada vez piores. Um criadouro , em uma localidade espanhola, traficava filhotes que viviam em condições deploráveis. Durante vários anos, 114 cães e 22 gatos foram trancados em jaulas que não permitiam que conseguissem se movimentar.

As condições de higiene eram precárias e muitos animais estavam desidratados e desnutridos. Nas jaulas, que não tinham ventilação assim como o local onde elas estavam, eram mantidos até nove animais.

No local onde ficavam as jaulas, não havia luz exterior e as paredes estavam cheias de mofo devido à umidade e a falta de limpeza.

As jaulas estavam com bastante ferrugem e excrementos, o que causava infecções nos animais e agravava seus estados de saúde.

Criadouro é evacuado

A polícia não demorou para descobrir o que ocorria no criadouro devido aos comentários dos vizinhos e deu início à operação Sharpei.

Logo começou uma investigação que revelou que o criadouro carecia de licença para qualquer atividade comercial e mercantil, o que não teria sido tão grave se os animais não estivessem nas circunstâncias e condições em que foram encontrados.

A polícia descobriu que a maioria dos cães que estavam no local eram de raças delicadas e necessitavam de cuidados específicos que, obviamente, não estavam recebendo.

Nenhuma das provas deixou dúvidas sobre o que as autoridades deveriam fazer: fechar o criadouro.

Imediatamente, o criadouro foi interditado e as autoridades denunciaram os gerentes do estabelecimento, que terão que responder por seus atos diante da justiça.

Mais de 100 animais que eram mantidos presos no local precisavam encontrar novos lares e associações de proteção animal adotaram os cães e gatos com o objetivo de encontrar novas famílias para eles.

O endurecimento das leis de guarda animal e contra os maus-tratos que ocorreu nos últimos meses na Espanha, não irá aliviar o futuro desses infratores que brincaram com a vida de mais de 100 animais.

Segundo agentes da guarda civil espanhola que estiveram envolvidos no caso, “as penalidades que eles irão enfrentar serão muito duras”. Além disso, eles serão definitivamente proibidos de tutorar um animal doméstico ou ter qualquer atividade comercial.

Fonte: Meus Animais


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

SOB INVESTIGAÇÃO

AGRESSÃO BRUTAL

INSTINTO

VIDA NA RUA

RESPEITO E AFETO

FINAL FELIZ

TRISTEZA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>