Deputado apura possível crime mbiental no "AquaRio", no Rio de Janeiro


Divulgação
Divulgação

O Deputado Federal Roberto Sales, atendeu na última semana a denúncia popular feita por ativistas que solicitava apuração na existência de restos mortais de uma baleia, abandonado sobre um contêiner nas obras do AquaRIO, que será o maior Aquário indor da América Latina, localizado na Zona Portuária do Rio de Janeiro.

Após comprovada a denúncia, foi solicitada pelo delegado responsável instauração de inquérito pela 5ª DP – Centro da Cidade- para apurar suspeita de crime ambiental que proíbe caça, pesca de cetáceos ou mesmo a manutenção de carcaças dos mesmos.

Funcionários e responsáveis do AquaRio foram intimados pela autoridade policial a comparecer na próxima quinta-feira dia 19 a unidade de Polícia Judiciária, à fim de prestarem esclarecimentos na fase de inquérito.“Essa é a nossa missão, como titular da Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável não posso me calar diante de denúncias como essa, ainda mais em casos caracterizando como crimes ambientais”, destacou o deputado.

Fonte: Roberto Sales Jr


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

ÍNDIA

MINAS GERAIS

ESTUDO

CONSUMO CONSCIENTE

PROTEÇÃO

AMOR PROFUNDO

ÍNDIA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>