Governo do Distrito Federal levanta números de animais domésticos na Candangolândia


15

O governo do Distrito Federal (GDF) começou a contar o número de animais domésticos da região administrativa da Candangolândia. De acordo com o GDF, o mapeamento servirá de base para a criação de políticas públicas de prevenção e de controle de zoonoses na área. As famílias com animais domésticos serão orientadas sobre guarda responsável e bem-estar dos cães ou gatos.

O cadastro começou a ser feito em 18 de abril, em parceria entre a administração regional, a Secretaria de Saúde, e o Departamento de Medicina Veterinária da Universidade de Brasília. A expectativa é visitar as mais de 5 mil casas da região em 60 dias e, ao fim da pesquisa, saber quantos animais há em cada residência, se as condições de saúde são boas e se eles estão castrados.

Para o administrador regional da Candangolândia, Cleudimar Sardinha, o censo terá impacto na saúde pública. “É uma ótima oportunidade para sabermos as condições desses animais, além de ser de grande importância para a comunidade”, afirma.

As visitas ocorrem das 9h às 16h. Os 32 pesquisadores são identificados com crachás. Desses, 20 são agentes da Secretaria de Saúde.

Divulgação
Divulgação

Fonte: G1


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

BOA AÇÃO

CHINA

HEROÍNA

FINAL FELIZ

PAUTA EMERGENCIAL

SOLIDARIEDADE

GESTO DE AMOR


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>