CONTEÚDO ANDA

Piloto vegana da NASCAR promove direitos animais e sustentabilidade nas pistas

Redação ANDA – Agência de Notícias de Direitos Animais

Reprodução/InstagramLeilaniMunter
Reprodução/InstagramLeilaniMunter

“Nunca subestime uma garota hippie e vegana com um carro de corrida.” Esse é o lema de Leilani Münter. Seus esforços para levar a sustentabilidade e a alimentação vegana ao mundo do automobilismo mostram que Münter não pode ser subestimada em nada. “Temos que falar com pessoas que não concordam conosco”, diz ela em entrevista ao Green Biz.

Münter cresceu em Rochester, Minnesota, e desde pequena se preocupa com os animais. Ela se tornou vegetariana ainda nova e, em 2011, vegana. “Quando eu era bem jovem, vi um menino esmagando um formigueiro e pensei em como ele pôde fazer aquilo, aquela era a casa de alguém”.

Ela morava em uma fazenda e interagia com vacas, galinhas e porcos. “Eu estava confusa sobre o porquê de a nossa sociedade preferir cães e gatos como animais domésticos a outros animais, com tanta complexidade, que são mortos para alimentação humana”.

Foi no ano 2000 que Münter entrou pela primeira vez em um carro de corrida, em uma escola da modalidade, no sul da Califórnia. Hoje ela faz parte da equipe da NASCAR, uma famosa associação de automobilismo dos Estados Unidos. “Um dos donos de uma equipe regional da NASCAR se aproximou de mim na escola de corrida e disse que eu era talentosa. Ser a única mulher serviu como uma motivação para mim”, conta ela.

Motivada pelo documentário “Uma verdade inconveniente” de Al Gore, Münter dedica sua carreira a um automobilismo mais sustentável desde 2006.

Em 2013, ela promoveu a corrida “Blackfish”, em referência ao documentário que mostra a exploração de orcas pelo parque aquático SeaWorld.

“Há três coisas que me dão esperança em relação ao nosso futuro: veganismo, energia solar e carros elétricos”, diz Münter.

Em 2013, ela promoveu a corrida “Blackfish”, em referência ao documentário que mostra a exploração de orcas pelo parque aquático SeaWorld.

“Há três coisas que me dão esperança em relação ao nosso futuro: veganismo, energia solar e carros elétricos”, diz Münter.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui