conteúdo anda

Leões são libertados do "pior zoológico do mundo" graças a doações

Redação ANDA – Agência de Notícias de Direitos Animais

Foto: Reprodução/ Roger Allen
Foto: Reprodução/ Roger Allen

Uma família de leões está finalmente livre do chamado “pior zoológico do mundo”, na Armênia, graças à uma arrecadação de fundos do MailOnline.

A leoa Mary e seus filhotes Ziota e Geta viviam aprisionados em jaulas minúsculas, passando fome e sofrendo maus-tratos em um zoológico privado decadente. Agora, pela primeira vez, poderão correr livres pelo santuário construído nas Montanhas de Caucaus, custeado integralmente pelos £30.000 arrecadados na campanha.

FAÇA PARTE DO #DiaDeDoarAgora EM 5 DE MAIO
Foto: Reprodução/ Roger Allen
Foto: Reprodução/ Roger Allen

A história de vida dos animais é comovente: foram comprados por um bilionário que os explorava em festas particulares da elite, por puro entretenimento. Mas as festas e o dinheiro para cuidar dos leões acabaram na mesma época, quando o tutor simplesmente os abandonou em condições deploráveis no seu mini-zoológico privado, onde também viviam confinados dois ursos e dois porquinhos-da-índia.

Os leões só sobreviveram porque um casal de idosos que passava próximo ao local diariamente os alimentava. Hovhamnes e Alvina Madoyan contam que escutavam o choro dos animais e não podiam ignorar a situação. “Fomos ver a leoa e seu filhote e suas bocas estavam ressecadas e feridas de tanta sede”, lembra Hovhamnes. “Eu e minha esposa não podíamos ver aquelas criaturas sofrendo tanto, então passamos a recolher algumas sobras de carne de um açougue local para alimentá-los e nos mudamos para uma casa próxima ao local.”

Foto: Reprodução/ Roger Allen
Foto: Reprodução/ Roger Allen

O casal não podia contar com ajuda de ninguém, pois as autoridades e ONGs locais lhes viraram as costas. Até que o MailOnline expôs a situação dos leões, que teve uma repercussão impressionante. Alan Knight OBE, dono da organização International Animal Rescue (IAR), ficou surpreso com a quantidade de doações. “A rapidez e generosidade dos leitores do MailOnline foi fantástica.” relatou.

leoa liberta
Foto: Reprodução/ Roger Allen

Com os animais já libertos e seguros, Knight fez questão de doar $2.000 em dinheiro ao casal que cuidou deles por anos. O destino final dos leões será uma outra reserva mais apropriada, na Inglaterra, e o santuário atual se tornará o lar de leopardos, ursos e linces que já vivem nas montanhas. “Estamos apenas no começo dessa jornada para dar a esses animais a vida que eles merecem,” declarou Knight.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui