Professora é acusada de jogar água quente em cachorro em São Luís (MA)


05
Divulgação

Uma professora moradora do bairro Monte Castelo, em São Luís (MA) foi denunciada à Delegacia do Meio Ambiente (DEMA), por maus-tratos contra animais. A professora teria jogado água quente em um cachorro, alegando estar incomodada com a presença do animal na calçada de sua residência. Os moradores relataram o caso para os policiais.

O animal sofreu queimaduras graves e foi acolhido por seu tutor, proprietário de uma oficina mecânica, mas foi levado para a clínica veterinária onde recebeu os primeiros socorros. A despesa do tratamento do cachorro foi dividida entre os moradores, e somou em torno de 2,2 mil.

Apesar das informações de que a DEMA teria sido desmobilizada pelo governador Flávio Dino, a população de Monte Castelo exige punição para a professora contra esse ato cruel.

04
Divulgação

Fonte: Marco Aurélio Deca


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

EMPATIA

AMOR

CRUELDADE

CHINA

FINAL FELIZ

POLUIÇÃO

COMPAIXÃO

VIOLÊNCIA

PESQUISA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>