Filme mostra elos amorosos e sociais entre leões da montanha


Redação ANDA – Agência de Notícias de Direitos Animais

Foto: Reprodução/The Secret Life of Mountain Lions
Foto: Reprodução/The Secret Life of Mountain Lions

Os majestosos leões da montanha têm sido considerados há muito tempo animais solitários, e poderosos predadores que caçam furtivamente e mantêm o alimento para si mesmos.

Porém, pesquisadores do Panthera Puma Program em Wyoming (EUA) prepararam um vídeo usando imagens capturadas em câmeras na floresta, que mostra o quão amorosos eles realmente são uns para com os outros e sobretudo dentro de suas famílias.

Gestos de carinho são comuns nas imagens capturadas. Foto: Reprodução/The Secret Life of Mountain Lions
Gestos de carinho são comuns nas imagens capturadas. Foto: Reprodução/The Secret Life of Mountain Lions

Ao seguir uma fêmea rastreada por colar enquanto ela criava os seus filhotes, os pesquisadores viram um lado diferente desses animais, e esperam que isso inspire a preservação desta importante espécie.

Mãe amamentando filhotes. Foto: Reprodução/The Secret Life of Mountain Lions
Mãe amamentando filhotes. Foto: Reprodução/The Secret Life of Mountain Lions

Os leões da montanha – também chamados de pumas, gatos fantasmas, “catamounts” e mais de quarenta nomes – já vagaram pela maior parte das terras dos Estados Unidos. Mas com a caça e a perda do habitat que os humanos impuseram sobre esses animais, eles foram quase completamente dizimados dos estados do leste e do centro-oeste. Restam apenas cerca de 100 panteras na Flórida, e o número desses animais nos estados do oeste estabilizou-se em aproximadamente 30.000 indivíduos.

Foto: Reprodução/The Secret Life of Mountain Lions
Foto: Reprodução/The Secret Life of Mountain Lions

O filme “The Secret Life of Mountain Lions” (“A vida secreta dos leões da montanha” – tradução livre) provê um raro olhar sobre a família e os elos sociais dos leões da montanha, reafirmando o seu lugar de direito na natureza e a importância de protegê-los para as futuras gerações”, escreveu o Panthera Puma Program.

Mas, além de falar sobre o lado belo da vida familiar desses animais, o filme também aborda um grande problema enfrentado por eles, que é o da perda de membros de suas famílias para a caça, deixando filhotes órfãos e vulneráveis. Há até mesmo o registro do som de um tiro, quando uma fêmea adulta é morta por um caçador em busca de “troféus de caça”. Em seguida, filhotes que ficaram órfãos aparecem chorando – antes de serem adotados por outra fêmea – mostrando que, apesar do porte desses felinos, as necessidades físicas e emocionais fundamentais são as mesmas de todos os mamíferos.

Filhotes órfãos choram a perda de sua mãe, morta por caçador. Foto: Reprodução/The Secret Life of Mountain Lions
Filhotes órfãos choram a perda de sua mãe, morta por caçador. Foto: Reprodução/The Secret Life of Mountain Lions

Assista ao vídeo:


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

RÚSSIA

FINAL FELIZ

CRUELDADE

CRISE ECONÔMICA

SINERGIA

MAUS-TRATOS

MAUS-TRATOS

PROTEÇÃO ANIMAL


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>