Filhote de peixe-boi-marinho nasce em reserva natural em Alagoas


05
Divulgação

Mais um filhote de peixe-boi-marinho acaba de nascer em ambiente natural aberto na região da foz do rio Tatuamunha, em Porto de Pedras, que integra a Área de Proteção Ambiental (APA) Costa dos Corais, no litoral norte de Alagoas.

Este é o sexto animal que nasce na natureza e o quarto que consegue sobreviver. A sua mãe, Aira, fêmea reabilitada, vinha sendo monitorada por servidores do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), que atuam na base do Programa de Conservação do Peixe-Boi em Porto de Pedras.

Aira encalhou em 2002 na praia de Beberibe (CE) e foi levada por parceiros locais para o centro de reabilitação que o ICMBio mantinha, então, na Ilha de Itamaracá (PE). Lá, permaneceu até abril de 2008.

Logo depois, foi transferida para o cativeiro de aclimatação em ambiente natural que o ICMBio mantém no rio Tatuamunha, inserido na APA Costa dos Corais. Em janeiro de 2009, foi solta na natureza pela equipe do centro.

O filhote nasceu no dia 11 de março. O seu sexo ainda não foi identificado. O animal continuará sendo monitorado à distância para evitar estresse. Caso necessário, uma equipe do ICMBio irá auxiliar mãe e filho.

Ameaçado de extinção
O peixe-boi está incluído na Lista de Espécies da Fauna Brasileira Ameaçada de Extinção, na categoria “em perigo”. Estima-se que existam no litoral brasileiro em torno de 600 animais vivendo soltos na natureza.

Eles possuem taxa reprodutiva muito baixa pois a fêmea tem geralmente um filho de cada vez. Nos primeiros dias de vida, o filhote alimenta-se exclusivamente do leite da mãe.

Muito zelosa, é a mãe que ensina o filhote a nadar, a subir até a superfície para respirar e também a alimentar-se de plantas. Já a partir dos primeiros meses de vida o peixe-boi começa a ingerir vegetais.

Fonte: IMC Bio


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

DESMATAMENTO

BARBÁRIE

PRESSÃO INTERNACIONAL

INVOLUÇÃO

UNIÃO

PREVENÇÃO

"AQUECIDOS"


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>