Redação ANDA – Agência de Notícias de Direitos Animais

Mal a sua vida começou, esse pequeno coelho ficou órfão.

Com uma semana de vida e sem a sua mãe, isso poderia tipicamente significar uma incursão trágica e passageira a esse mundo.

Mas esse pequeno foi adotado por uma família em Roterdã (Reino Unido), onde recebeu o nome Bubbles.

E então a sua nova mãe, uma gata chamada Snaggle Puss, o encontrou. Especificamente, no sofá.

Foto: YouTube/Diagonal View
Foto: YouTube/Diagonal View

Como se viu, havia espaço na ninhada – era apenas uma boca a mais para alimentar…

Foto: YouTube/Diagonal View
Foto: YouTube/Diagonal View

…e apenas outro pequeno coração para encher com o amor de uma mãe.

Foto: YouTube/Diagonal View
Foto: YouTube/Diagonal View

É claro, todos eles cresceram. O vídeo que conta a sua história foi postado no YouTube em 2008. Segundo a reportagem do The Dodo, os bebês sem dúvida foram viver aventuras maiores e mais brilhantes.

“Mas nós sempre iremos nos lembrar de um coelho chamado Bubbles que desafiou as previsões de um destino triste ao encontrar boas pessoas. E uma gata compassiva chamada Snaggle Puss que deu a ele a oportunidade de um melhor começo de vida.

Foto: YouTube/Diagonal View
Foto: YouTube/Diagonal View

Assista ao vídeo:

Apesar de Bubbles ter sido adotado e aparentemente ter tido uma história com final feliz, vale lembrar que estamos próximos ao período do ano em que as pessoas abandonam esses animais. Usados como objetos dados a crianças por ocasião da páscoa, os coelhos normalmente são abandonados logo em seguida, quando as pessoas percebem que não têm condições ou vontade de cuidar deles.

Os coelhos são seres sencientes e dependentes de cuidados como qualquer outro animal, e o hábito de se explorar esses animais nessa época do ano deve ser repudiado.