Universitários reformam casa que abriga 120 animais em Londrina (PR)


09
Divulgação

Em uma casa simples da Vila Brasil, em Londrina, Paraná, o amor não falta. A proprietária, dona Maria, trata sozinha de 120 animais, com toda dedicação e carinho. Na parte da frente do terreno ficam 30 cães. O espaço dos fundos abriga 90 gatos. A convivência da voluntariosa senhora com os animais é de muita harmonia. Mas o imóvel precisa de cuidados.

Solidários com o esforço e compaixão de dona Maria, alunos de Medicina Veterinária da UniFil escolheram a casa dela para realização do trote solidário com os calouros. Neste final de semana, divididos em dois grupos, os estudantes vão arregaçar as mangas e fazer os reparos e demais serviços necessários para melhorar o ambiente onde vivem os animais.

Neste sábado (19), às 8h30, começa o trabalho de cerca de 50 alunos e professores, concentrado na parte da frente da residência com reforma do portão, pintura da fachada da casa e da calçada externa, troca de pedras, jardinagem e limpeza geral do local, entre outras ações. Para os cães, os voluntários reservam banho, afagos e muitas brincadeiras.

No domingo (20), também às 8h30, será a vez organizar a parte dos fundos, onde ficam os gatos. Mais de 50 alunos e professores vão pintar as paredes, fazer novas prateleiras, retirar entulhos e arrumar cobertores, colchões e coleiras de maneira a facilitar o fluxo dos animais e das pessoas no local.

“Numa reunião de representantes dos veteranos, ficou decidido que o trote seria contribuir com algum cuidador de animais. Como um aluno já conhecia, falou da casa da senhora Maria. Um grupo foi até, gravou imagens e mostrou para coordenação do curso. O lugar se encaixou ao perfil pretendido e foi o escolhido para o trabalho solidário dos alunos de primeiro, segundo e terceiro anos”, conta a professora Suellen de Córdova Gobetti, que também vai participar das atividades.

Ela diz que a empolgação dos estudantes já motiva um projeto maior: seguir com ações rotineiras de apoio à dona Maria e seus animais, mobilizando mais acadêmicos de Medicina Veterinária para realização de outras melhorias não programadas para agora. “A ideia é ajudar aqueles que ajudam animais”, afirma a docente.

A atividade tem o apoio da empresa Nutridani, de Cambira, que vai fornecer um ano de ração gratuita para os cães e gatos, entregue mensalmente na casa da dona Maria, 25 pallets de madeira para as prateleiras, 10 casinhas, dois expositores para uso como armário e colchões para os animais. Também colaboram Pet Shop Sossego do Dono e Móveis Clober, de Cambé.

“Amor dos animais é único e gratuito”, destaca professora
A professora da UniFil Suellen de Córdova Gobetti ressalta que a dedicação de dona Maria é invejável. “São poucos os voluntários que cuidam de animais idosos. No caso dela, muitos cães e gatos foram devolvidos por pessoas que os adotaram e depois disseram que os animais não se adaptaram com o local para onde foram levados. É muito fácil encontrar um lar para um filhote, já os mais velhos normalmente são rejeitados”, destaca.

Como médica veterinária, ela constata: “O amor que os animais oferecem de forma única e gratuita aos seres humanos leva algumas pessoas a destinarem seu tempo e sua vida em prol de melhorar a qualidade de vida desses bichos. É um dom inerente. Como os animais não conseguem se defender sozinhos, o instinto de proteção acaba fazendo com que mais pessoas passem a tratar deles.”

Mas fica um alerta para quem pretende adotar cães ou gatos: “Quando optamos por cuidar de um, 10 ou 100 animais, precisamos ter consciência de que eles têm uma vida longa, exigem cuidados veterinários, alimentícios e sociais. Não podemos escolher hoje um animal e amanhã resolver devolvê-lo. Ou pior: deixá-lo nas ruas à própria sorte. Por isso, a castração é uma etapa fundamental para todos que não visam a reprodução dos seus animais”, enfatiza a professora.

Fonte: Bonde


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

REVERSÃO

FINAL FELIZ

RÚSSIA

REPENSAR HÁBITOS


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>