Estado da Índia classifica aves nativas e bisões como "pragas"


Redação ANDA – Agência de Notícias de Direitos Animais

Aves "peacok" e búfalos selvagens estão entre os animais que o governo de Goa quer classificar como "pragas". Foto: Getty/DNA India
Aves “peacok” e búfalos selvagens estão entre os animais que o governo de Goa quer classificar como “pragas”. Foto: Getty/DNA India

Aves nativas da espécie “Peacock’ e búfalos selvagens (bisões) estão entre animais que deverão ser listados como “pragas” pelo governo indiano de Goa.

“Nós listamos diversas espécies selvagens que incluem javalis, búfalos selvagens e peacocks como ‘animais’ incômodos’. Esses animais estão criando problemas para fazendeiros e destruindo seus cultivos em áreas rurais”, disse Ramesh Tawadkar, Ministro da Agricultura, a repórteres em Margao. As informações são do India Times.

A decisão do governo deverá causar indignação por parte dos ambientalistas, uma vez que o peacok é uma ave nacional e o búfalo selvagem é declarado como “espécie protegida” e nativa do estado de Goa, e a mudança irá torná-los vulneráveis.

Tawadkar disse que está completamente ciente de que esses animais pertencem a espécies ameaçadas, e afirmou que o governo terá de seguir um procedimento para validar a decisão e mudar a classificação dos animais.

“Nós teremos de compilar os registros de quantas queixas foram recebidas dos fazendeiros por destruição de lavouras por esses animais”, disse ele, acrescentando que há várias reclamações e que os fazendeiros estão demandando que o governo declare esses animais como ‘pragas’.

Durante uma reunião da Assembleia Legislativa, o Ministro Laxmikant Parsekar anunciou que o governo irá declarar os macacos e outras espécies como animais ‘parasitas’, pois representam uma ameaça de perda para os agricultores. Ele também apontou que foram descobertos casos de macacos doentes em certas partes do estado.

A reportagem não informa que providências serão tomadas com relação a esses animais se for aprovada a mudança proposta pelo governo, mas é certo que, se isso acontecer, eles poderão ser exterminados sem maiores consequências.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

AVANÇO

COMPORTAMENTO

'SAVE RALPH'

ÍNDIA

REVOLTA

AÇÃO SOCIAL

MÉXICO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>