Polêmica envolve gatos comunitários na sede do Fluminense Futebol Clube


Por Vanessa Norcia Serrão (em colaboração para a ANDA)

Divulgação
Divulgação

A presença de colônia de gatos na sede do Fluminense Futebol Clube no bairro das Laranjeiras, no Rio de Janeiro, têm mais de 20 anos.

No entanto, ativistas e protetores de animais denunciaram pelas redes sociais que um funcionário do clube não teria permitido que os gatos fossem alimentados pelos moradores da região como de costume. Um dos faxineiros teria ordem para jogar fora a ração dos gatos.

Segundo o Art. 225 da Constituição Federal: todos têm direito ao meio ambiente ecologicamente equilibrado, bem de uso comum do povo e essencial à sadia qualidade de vida, impondo-se ao Poder Público e à coletividade o dever de defendê-lo e preservá- lo para as presentes e futuras gerações.

A partir de então, houve uma campanha para que aos responsáveis pelo clube permitissem que a colônia de gatos voltasse ser alimentada pelos voluntários como tem sido feito nas últimas duas décadas.

O Fluminense Futebol Clube divulgou um comunicado alegando que nunca orientou seus funcionários a impedirem a alimentação de gatos em sua sede nas Laranjeiras, mas que o Corpo de Bombeiros recomendou que eles fossem retirados do local, pois há animais silvestres nas matas dos arredores que são predadores dos felinos.

Nota da redação: Causa estranhamento que os animais silvestres só tenham aparecido recentemente comprometendo a permanência da colônia de gatos instalada há tantos anos no local.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

DESAMPARO

COVARDIA

APOIO COLETIVO

MISSÃO

SÃO SEBASTIÃO (SP)

DEMANDA CRESCENTE

CRISE CLIMÁTICA

CRUELDADE

ALERTA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>