Casal deixa moradia e animais quase morrem de fome em Ponta Grossa (PR)


Todos estavam confinados em ambientes impróprios nos fundos de uma residência localizada no Conjunto Itapoá.

Divulgação
Divulgação

Voluntários de organizações não governamentais que atuam na defesa e proteção de animais, em Ponta Grossa, resgataram coelhos, galinhas e uma cachorra em situação de abandono, e com reais indícios de maus-tratos. Todos estavam confinados em ambientes impróprios nos fundos de uma residência localizada à Rua Joel Ricardo Henneberg, no Conjunto Itapoá. A ação aconteceu no domingo à noite.

“Vi os animais confinados e pelo que os vizinhos disseram ficaram sem comer e beber água durante três semanas. O dono da casa fechou-a com os móveis dentro e foi para outra casa onde residem no Palmeirinha”, diz Karla Cordeiro, responsável pela operação de resgate dos animais. Ela suspeita que os proprietários da residência abandonaram-nos na moradia com a intenção de enganar a Prolar. “Eles – os responsáveis – deixaram os animais numa situação horrível”, exclama.

Ela afirma que encontrou dois coelhos, duas galinhas e uma cachorrinha porte grande cadavérica amarrada dentro de uma casinha. “A cachorra fez um buraco na tela para tentar fugir pois nesses calorão queria escapar”, relata. “E apareceu mais um, na hora em que eu estava dando comida para os animais. Este estava na rua. Fora um que morreu enforcado nesta mesma casa”, revela. Karla filmou e fotografou e está montando um dossiê para repassar às autoridades da cidade. Ela procura apoio junto à Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-PG), comunicou a Guarda Municipal e levará o caso ao conhecimento da Companhia Pontagrossense de Habitação (Prolar).

Fonte: A Rede


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

MUDANÇAS CLIMÁTICAS

RETROCESSO

RESPONSABILIDADE

SOLIDARIEDADE

MISSÃO

ACADEMIA ESPECISTA

SADISMO

DE OLHO NO PLANETA

ARTIGO

MAUS-TRATOS


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>