Polícia encontra jacarés e preguiças mortas em barco no Pará


Embarcação fazia o transporte ilegal de animais silvestres mortos e vivos. (Foto: Divulgação/ Polícia Civil)
Embarcação fazia o transporte ilegal de animais silvestres mortos e vivos. (Foto: Divulgação/ Polícia Civil)

Vários cadáveres de animais silvestres como jacarés, preguiças e arraias foram encontradas no último domingo (7) em uma embarcação no município de Breves, no arquipélago do Marajó, no Pará. Os integrantes da tripulação foram detidos e conduzidos para a sede da Superintendência Regional da Polícia Civil para responder por crime ambiental.

O flagrante resultou de uma denúncia anônima que levou uma equipe de policiais até o porto da cidade. No local os policiais localizaram a embarcação atracada e dentro dela havia três jacarés, um búfalo, três jabutis e três bois vivos, além dos animais mortos, cuja carne estava acondicionada de forma inadequada.

De acordo com a delegada Renata Gurgel, responsável pela operação, a carga é procedente do Amazonas e seria distribuída em Breves. O proprietário do barco, que já é réu em um processo penal por envolvimento em sequestro de animais, não foi encontrado no local, mas será indiciado pelo crime ambiental.

Todos vão responder com base no artigo 29, da Lei de Crimes Ambientais, pelo crime de matar, perseguir, caçar, apanhar, utilizar espécimes da fauna silvestre, nativos ou em rota migratória, sem a devida permissão, licença ou autorização da autoridade competente, ou em desacordo com a licença expedida pelo órgão oficial. Os animais encontrados vivos foram resgatados e levados para local adequado.

Fonte: G1


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

POLÍTICA PÚBLICA

RECOMEÇO

BANALIZAÇÃO

CAZAQUISTÃO

DESMATAMENTO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>