Não muito tempo atrás as pessoas nem imaginavam que as suas escolhas alimentares teriam qualquer relação com a preservação do meio ambiente ou até mesmo com a sua saúde! Mas nos dias de hoje, esta cada vez mais sendo divulgado como nossas escolhas não só afetam, mas tem um enorme impacto sobre o meio ambiente, sobre nós e outros seres sencientes, os animais. Embora a disponibilidade de informações, ainda existem pessoas que não estão cientes como as suas próprias escolhas têm um impacto sobre tudo e todos ao seu redor. Uma das principais causas do aquecimento global e da devastação ambiental é de nossa indústria alimentícia. Mas com apenas uma simples mudança de consciência, podemos virar a mesa e ajudar a acabar com este ciclo de destruição.

Você já parou para pensar o custo real daquele copo de leite? Voce poderá se surpreender, pois a resposta vai mais alem do que um simples valor monetário…

Dentre uma das muitas indústrias alimentícias insustentáveis está a de laticínios. Não é apenas insustentável, mas também cruel e desumana. Vamos começar primeiro apontando as questões ambientais. Qual um dos maiores desafios nosso planeta enfrenta hoje? Eu diria que é o da escassez de ÁGUA… Embora o nosso planeta, em torno de 70%, seja constituído principalmente de água (como o corpo humano), apenas 2,5% dessa água doce, e dos 7 bilhões de pessoas neste planeta apenas 1% tem acesso direto a ela. Então ÁGUA é um bem precioso que, infelizmente, está sendo desperdiçado em muitos aspectos, especialmente na indústria “alimentícia” do gado. Como? Se compararmos que para produzir apenas um quilo de “carne” é necessário 14,400.00 litros de água e 880 litros para produzir apenas um litro de leite. Enquanto, para produzir um kilo de trigo ou de batata é necessário aproximadamente 60 litros do precioso liquido e sendo que esses dois últimos verdadeiros itens alimentares são capazes de alimentar muito mais pessoas e necessitam um espaço menor de terra para cultivo. A agricultura é responsável por 80-90% do uso de água doce aqui nos EUA e pelo menos metade disso vai para cuidar e alimentar gado. Eu adoraria estender mais sobre este assunto, no entanto o espaço é curto e por agora vou apenas continuar especificamente na industria de laticínios deixarei para falar mais, em próximos artigos, como o aumento e alimentação de animais de criação em geral está destruindo e acabando com nossos recursos ambientais.

A segunda etapa é a saúde. Nós somos os únicos animais que ainda na idade adulta bebem leite de outras espécies. Se não fosse um absurdo eu diria que seria ao menos patético… Julgamentos à parte, o ponto é: produtos lácteos não são benéficos aos seus ossos, como lhe disseram uma vez, ao contrario, laticínio não é bom para a sua saúde em geral. A proteína encontrada no leite chamada CASEÍNA foi cientificamente comprovada que alem de não trazer nenhum beneficio para a saúde dos seus ossos ela também não traz nenhum beneficio em geral, ao contrario, pode ser a causa de vários problemas de saúde que vão desde inflamação, acúmulo de muco, perda da densidade óssea (perda de cálcio) até mesmo o aumento de suas chances de contrair câncer. Em mais de um quarto de século de estudo* , o renomado cientista Dr.T.Colin Campbell, realizou uma pesquisa mostrando que a CASEÍNA é o elemento químico cancerígeno MAIS relevante JAMAIS antes identificado. Sabendo disso, por que você ainda estaria bebendo leite de outra espécie que não lhe pertence? Sim, não lhe pertence, porque para que o leite seja produzido, as vacas, como as mulheres ou qualquer outra espécie do sexo feminino, tem que estar grávida, e seu leite dado à sua prole, neste caso, os bezerros.

Por conseguinte, é neste ponto que vem a parte mais terrível dessa história, infelizmente uma história real de horror: vacas, as mães esquecidas … A fim de produzir leite em escala industrial, estamos colocando uma pressão gigantesca e causando uma enorme dor nestes sencientes . Elas estão sendo constantemente violadas, ou “artificialmente inseminadas” como eles chamam, em um ciclo interminável de gravidez que as levam à exaustão. Onde, quando incapaz de manter-se de pé ou até mesmo capaz de andar são geralmente espancadas, arrastadas por suas caudas ou se não deixadas agonizando ate a morte e então levadas ao abatedouro… Em 2012, uma investigação secreta conduzida pela MFA (Mercy For Animals) na Bettencourt laticínios, maior fazenda de laticínios de Idaho, documentou esses atos horrorizantes que lhe estou apontando aqui. Felizmente esta investigação levou a noticia em cobertura nacional e os funcionários da fazenda foram condenados `a tortura, abuso e crueldade animal. O público pôde finalmente ver o que se passa por trás das cortinas…um grande chamado a realidade. E por saber disso, a associação da indústria de laticínios de Idaho tentou aprovar uma lei, um projeto de lei infame, deplorável, chamado “ag-gag” que tornaria crime filmar dentro de uma “fabrica fazenda” sem a permissão do proprietário da mesma. No entanto, um nobre US juiz distrital, Sir. B.Lynn Winmill, derrubou a lei e a taxou como inconstitucional. Ele ainda expressou sua opinião dizendo que “investigações sigilosas, na verdade, promovem os valores fundamentais da Primeira Emenda (constituição Americana), expondo a má conduta aos olhos do público e facilita o diálogo sobre questões de interesse público … a produção e segurança de alimentos são questões extrema de interesse público… proteger os interesses privados de uma indústria poderosa, que abastece o sistema público alimentar , contra o escrutínio público não é um interesse legítimo do governo”. No final deste artigo vou incluir links de referências para que você possa verificar e pesquisar mais sobre o assunto. De qualquer forma, essas são algumas das crueldades sobre esta industria, mas eu acho que nem chega perto de uma dor infligida sobre elas (as vacas) que é a perda de seus bebês. Quando me refiro à elas como mães esquecidas é uma tentativa de mostrar a relação entre elas e nós, mulheres, mães ou não, creio que todas nos podemos nos relacionar, como apenas uma mulher eu posso SENTIR, simpatizar com o seu luto e sofrimento ao ter seu bebê levado dos seus “braços” ao dia do nascimento … As vacas são seres altamente amigáveis ​​e inteligentes, elas podem formar duradouros e profundos laços de amizade, elas tendem a escolher os líderes do seu rebanho por sua inteligência, experiência e boas habilidades sociais … mas acima de tudo, elas são seres sencientes, que SENTEM e querem viver, assim como você e eu…

Portanto, voltando à pergunta no início deste artigo, a que custo? Quanto é o custo real de nossas escolhas? Vale a pena? Precisamos nos perguntar se a quantidade de destruição, dor e sofrimento que infringimos em outros seres, ambiente, e em nós mesmos, vale a pena? Vale a pena satisfazer um paladar que foi condicionado? Pois hoje em dia temos tantas opções, substituições de produtos lácteos, que são livres de crueldade e o mais importante ate benéfico à saúde. As opções vão de queijos à iogurtes feitos de uma variedade de nozes, sementes ou grãos, como soja, arroz, cânhamo, aveia etc. E se a sua preocupação é o cálcio, não há problema, há todo um enorme espectro de alimentos à base de plantas repletas de cálcio tais como verduras verde-escuros como a couve e o espinafre. E quando eu digo condicionado quero dizer que aprendemos a gostar de certos tipos de “alimentos”, quando eu coloco aspas na palavra alimentos é porque eu não considero e não vejo outro ser como alimento, pelo menos não mais. Porque assim como eu, também fui uma vez condicionada a gostar de certo tipo de “alimentos”, mas eu me reinventei, eu me reprogramei, evolui… Porque uma vez que o que foi escondido de você é revelado, não pode ser mais ignorado … e é apenas um fardo muito pesado e uma dor tamanha para se infligir na alma …

Muito obrigado pelo seu tempo, vamos fazer a conexão, vamos simpatizar, vamos compartilhar o amor, afinal somos um. Esperamos vê-lo aqui novamente em nosso próximo encontro, quando iremos abordar as questões da indústria de ovos. Fiquem conectados!

Namaste,
Silvia Leonel

obs.: Visto que resido nos EUA , os fatos e links apresentados estão em inglês somente, mas se voce tiver fatos, documentário ou informações sobre o assunto em português eu adoraria recebe-los, voce podera envia-los por DM ou deixar seu comentário aqui e entrarei em contato. Muito obrigada.
www.gotmisery.com
www.noaggag.com
www.sliceofcruelty.com
http://nutritionstudies.org/search/casein
* CHINA STUDY http://nutritionstudies.org/china-study/
http://waterfootprint.org/media/downloads/Hoekstra-2012-Water-Meat-Dairy.pdf
http://www.gracelinks.org/1361/the-water-footprint-of-food
http://www.foodandwaterwatch.org
www.sustainablecookinglab.com