Cachorro desidratado preso sob o sol é resgatado em Porto Alegre (RS)


Divulgação
Divulgação

Porto Alegre, verão, sensação térmica de cerca de 40 graus e um cachorrinho preso em uma obra, sem água e sem abrigo do sol. Este caso de maus-tratos, ocorrido no bairro Vila Safira, zona norte da capital gaúcha, na última semana, foi denunciado numa das mais importantes rádios da cidade. Vizinhos ligaram para o veículo de comunicação avisando de que o cão, além de preso, já estava desmaiando por insolação e desidratação.

O vereador e protetor dos animais, Rodrigo Maroni, foi até o local para verificar o caso. “Chegando lá, vi que a situação era ainda pior, o cachorrinho estava num local muito quente e sem água e comida”, falou Maroni. Conforme moradores, o cãozinho, que se chama Ventania, passava os dias amarrado na obra. “Assim como nós, humanos, os animais também sofrem com o calor. Deixar um bicho, seja cão ou gato, preso, embaixo do sol quente, sem água ou comida, é, sim, maus-tratos”, explicou o protetor. Ventania foi encaminhado para atendimento e, após avaliação médico-veterinário, passa bem.

Veja o vídeo aqui.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

FINAL FELIZ

CRUELDADE

CRISE ECONÔMICA

SINERGIA

MAUS-TRATOS

MAUS-TRATOS

PROTEÇÃO ANIMAL


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>