Conteúdo anda

Para ler, ouvir e colorir nas férias

O livro sonoro "Sons da Selva" é uma viagem pelo mundo das aves de todo o mundo. Descrição para deficientes visuais: Capa do livro onde aparece desenho de várias aves bem coloridas. Foto: Divulgação
O livro sonoro “Sons da Selva” é uma viagem pelo mundo das aves de todo o mundo. Descrição para deficientes visuais: Capa do livro onde aparece desenho de várias aves bem coloridas. Foto: Divulgação

Fátima ChuEcco/Redação ANDA – Agência de Notícias de Direitos Animais

Que tal conhecer um pouco sobre o mundo das aves por meio de lindas ilustrações e ainda ouvir o canto delas num único livro? “Sons da Selva – Aves”, de Maurice Pledger. é uma sensação edição da Ciranda Cultural em 3D cujas páginas emitem o som dos pássaros conforme vão sendo abertas. O livro é dividido em: O Coro Matinal, Campos e Montanhas, Caminhando pela Água. No Deserto e A Floresta Tropical, com descrição de 58 aves do planeta contando onde e como vivem.

Conforme as páginas são abertas, o canto dos pássaros é liberado em meio a belas imagens. Descrição: Desenho de gavião ao centro com asas abertas e rodeado por aves menores. Foto: Divulgação
Conforme as páginas são abertas, o canto dos pássaros é liberado em meio a belas imagens. Descrição: Desenho de gavião ao centro com asas abertas e rodeado por aves menores. Foto: Divulgação

Um belo presente para dar aos outros ou a si mesmo já que se trata de um livro muito colorido, de capa dura, excelente material gráfico e bem elaborado cheio de cantos de pássaros. Uma boa dica também para apresentar as crianças ao mundo das aves já que os textos também explicam como é o habitat natural e como as aves fazem para se comunicar e se adaptar as mudanças, muitas vezes impostas pelo homem. O livro revela ainda várias curiosidades sobre as aves. O papagaio-do-congo, por exemplo, ave da floresta tropical africana, imita o som de outras aves e até sons artificiais como de telefone.

A Joaninha Preguiçosa é um encantador livro sonoro para crianças. Descrição: Capa do livro onde aparece desenho da joaninha sorrindo. Foto: Divulgação
A Joaninha Preguiçosa é um encantador livro sonoro para crianças. Descrição: Capa do livro onde aparece desenho da joaninha sorrindo. Foto: Divulgação

Outro livro sonoro de capa dura e excelente acabamento, mas voltado apenas para as crianças é “A Joaninha Preguiçosa”, de Sheridan Cain e Jack Tickle, também da Ciranda Cultural. É a encantadora história de uma joaninha que não sabia voar e passava boa parte do tempo dormindo. Mas outros animais começaram a passar por ela fazendo barulhos que não a deixavam tirar um cochilo. São esses ruídos de animais selvagens como de elefante, urso e tigre que podem ser ouvidos no livro. Uma graça!

Livros de colorir com aves e animais selvagens. Descrição: Capas de dois livros. Em uma aparece o desenho de um bem-te-vi e na outra a de um elefante com uma estampa florida no dorso. Foto: Divulgação
Livros de colorir com aves e animais selvagens. Descrição: Capas de dois livros. Em uma aparece o desenho de um bem-te-vi e na outra a de um elefante com uma estampa florida no dorso. Foto: Divulgação

Quem prefere colorir animais tem duas opções da mesma editora: “Reino Animal” e “Jardim das Aves”, ambos focados em arteterapia – uma febre que tomou conta da livrarias e bancas de jornais, mas desapareceu depois de uns meses de pura euforia que teve início com o “O Jardim Secreto”. Embora a iniciativa de livros para colorir para adultos seja boa, houve um erro na concepção das ilustrações tornando-as muito cansativas. Os desenhos eram riquíssimos em detalhes minúsculos que exigiam uma visão excelente. Mas grande parte das pessoas, a partir dos 45 anos, começa a ter problemas para enxergar de perto e pintar espaços tão pequenos, ao invés de relaxar, cansava a vista e a mente. Isso fez com que muita gente não pintasse mais que um desenho. Algumas pessoas sequer conseguiram terminar de pintar uma página.

Página do livro "Jardim das Aves" colorida. Descrição: Desenho de um sabiá colorido. Foram usadas cores vibrantes. O passarinho carrega uma frutinha no bico. Foto e pintura: Fátima ChuEcco
Página do livro “Jardim das Aves” colorida. Descrição: Desenho de um sabiá colorido. Foram usadas cores vibrantes. O passarinho carrega uma frutinha no bico. Foto e pintura: Fátima ChuEcco

Mas nos livros acima citados a imagem dos animais é grande é fácil de colorir. No de animais selvagens, por exemplo, há bichos que raramente encontramos para colorir como chimpanzé, gorila e lobo-guará. No de aves tem bem-te-vi, sabiá e periquito, muito comuns no Brasil, em desenhos realmente nem mais fáceis de colorir. Existem ainda pequenos detalhes em muitas das figuras, mas não na quantidade imensa dos primeiros livros de colorir. E o preço é o melhor de tudo! Cada um só custa R$ 5 na livraria instalada no corredor do Center 3 (Av. Paulista esquina com Rua Augusta – SP).

O som das aves que sai do livro é tão autêntico que até a gata fica interessada. Descrição: Gato preto e branco está olhando para dentro do livro sonoro sobre aves. A página aberta mostra diversos pássaros coloridos em 3D. Foto: Fátima ChuEcco
O som das aves que sai do livro é tão autêntico que até a gata fica interessada. Descrição: Gato preto e branco está olhando para dentro do livro sonoro sobre aves. A página aberta mostra diversos pássaros coloridos em 3D. Foto: Fátima ChuEcco

*É permitida a reprodução total ou parcial desta matéria desde que citada a fonte ANDA – Agência de Notícias de Direitos Animais com o link. Assim você valoriza o trabalho da equipe ANDA formada por jornalistas e profissionais de diversas áreas engajados na causa animal e contribui para um mundo melhor e mais justo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui