Comportamento

Barulho de fogos de artifício pode prejudicar saúde dos animais

Divulgação
Divulgação

Nas festas de final de ano é comum utilizar fogos de artifício nas comemorações. Para os animais, especialmente os cães, o barulho causa desconforto e pode gerar problemas à saúde.

Conforme a veterinária Marcia Sangaletti Lavina, a audição dos cachorros alcança uma frequência maior que a do ser humano. “Sons que para nós são normais, para eles acabam sendo exacerbados”, explica.

Outro fator que influencia o medo dos animais é não saber a origem do barulho. “Quando ouvimos um som sabemos de onde vem. Já os cães podem desenvolver essa sensibilidade por não saberem quem ou o que produz”, frisa.

O barulho dos fogos pode causar transtornos de comportamento. A veterinária explica que o animal pode deixar de se alimentar, brincar e realizar atividades comuns. “Em cães com alguma alteração neurológica, esses sons podem desencadear uma crise convulsiva ou ataque epilético. Alguns animais podem se machucar durante a tentativa de se esconder” acrescenta.

A idade do cachorro não influencia na sensibilidade auditiva, mas pode mudar o comportamento. De acordo com Marcia, cães novos podem se sentir inseguros e desenvolver reações exageradas.

Para proteger os animais, a veterinária aconselha que o cão fique em um local confortável. “Ele deve se sentir protegido. Deixar uma peça de roupa do dono perto dele pode ajudar. Um tratamento indicado nesses casos é expor o animal ao som, gradualmente, enquanto ele se diverte, para que aos poucos vá perdendo o medo e deixe de associar o barulho com algo ruim”, explica.

Os calmantes podem ser usados se o animal apresentar sinais de pânico, como procurar se esconder e pular janelas com a possibilidade de se machucar. Marcia esclarece que o uso de medicamentos deve ser feito com o acompanhamento de um médico veterinário.

Fonte: Portal Satc

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui