Gato é incendiado em "queima" em Portugal


"Queima do gato". Foto: Divulgação
“Queima do gato”. Foto: Divulgação

As investigações da GNR sobre o caso da “queima do gato” em Mourão, Vila Flor, em Portugal, levaram, até agora, à constituição de apenas uma arguida, a presumível tutora do gato, ou gata, que foi fechado no pote, pendurado no poste, posteriormente incendiado. A arguida poderá vir a responder pelo crime de maus-tratos a animais, mas a ela, no banco dos réus, deverão juntar-se outras pessoas.

A fase de inquérito deste processo, que nesta fase é conduzida pelo Ministério Público, “não está fechada e as investigações continuam”, adiantou ao DIÁRIO AS BEIRAS Eduardo Saltão Mendes, causídico da VCM – Sociedade de Advogados, de Coimbra, que representa o Grupo Gatos Urbanos, associação de proteção animal que se constituiu como assistente no processo.

Ao que o DIÁRIO AS BEIRAS apurou, já foram ouvidos, pelo procurador, o autor das filmagens, a primeira subscritora da lista da Comissão de Festas de Mourão, bem como a presidente da Junta e a vereadora da Cultura da Câmara Municipal de Vila Flor. O Ministério Público solicitou ainda à Ordem dos Veterinários uma peritagem abstracta, fundada nas imagens do vídeo fornecido pelo Grupo Gatos Urbanos, com vista a apurar as consequências físicas e psicológicas para o gato, bem como as consequências da falta de tratamento dos ferimentos. Esta peritagem pode apurar, nomeadamente, se o gato que foi apresentado, são e salvo, pela “tutora”, teria sido mesmo o utilizado no macabro ritual das festas locais de S. João.

Dadas as dificuldades da GNR em identificar os intervenientes diretos na “queima do gato”, o Ministério Público está a efetuar outras diligências. Para isso, designadamente, solicitou ao Departamento de Engenharia Informática da Universidade do Porto se é possível extrair fotogramas, do vídeo em questão, com melhor qualidade de imagem.
O Grupo Gatos Urbanos solicita também a quem tenha informações sobre a identidade dos intervenientes neste ato que entrem em contacto pelo e-mail gatos.urbanos@gmail.com.

Fonte: DIÁRIO AS BEIRAS.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

PESQUISA

APELO

RECOMEÇO

BARBÁRIE

SEGUNDA CHANCE

INSPIRAÇÃO

DESCARTE IRRESPONSÁVEL

BOA AÇÃO

CHINA

HEROÍNA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>