Fotógrafos Brasilienses clicam animais abandonados para incentivar a adoção


Thais Mallon é fotógrafa especializada em animais e doa seu trabalho para ONGs
Thais Mallon é fotógrafa especializada em animais e doa seu trabalho para ONGs

Doações não chegam somente em forma de dinheiro ou de alimentos. Brasilienses especializados na fotografia de animais encontraram um jeito alternativo de colaborar com ONGs de proteção. Eles fazem fotos profissionais de animais que estão disponíveis e usam seu trabalho para incentivar a adoção.

As imagens especiais fazem toda a diferença. “Funciona como marketing animal para atrair bons candidatos a adotar”, explica Cecília Prado, integrante do Clube do Gato. Segundo ela, fotos profissionais tendem a sensibilizar mais.

Quem se especializa nessa área tem seus truques. Thaís Mallon está nesse ramo desde 2008. Depois de adotar um gato e dar lar temporário a outros, percebeu que seu talento poderia ser útil para a causa dos animais. “Sempre foco no olhar deles, uso uma luz que faça a foto parecer quentinha, aconchegante. Tento passar essa sensação para tocar as pessoas”, diz.

Quem resgata animais, mesmo as que não são ligadas a ONGs, procuram Thaís para fotografá-los voluntariamente. “A repercussão é muito boa e a minha boa ação profissional é essa. Estou sempre à disposição.”

A fotógrafa Isabela Mattos é dona da Foco em 4 patas. Ela faz ensaios de famílias com seus animais e também doa seu trabalho para instituições que acolhem animais abandonados. “Fazia hipismo e comecei a fotografar cavalos. Depois de me envolver com a proteção aos animais, comecei a ajudar como podia, com meu trabalho”, relata Isabela.

O fotógrafo Neimar Soares também doa seu tempo e talento para trabalhos voluntários em abrigos. “Sempre via anúncios de animais para adoção no Facebook, mas as fotos eram terríveis. Eu pensava: quem vai querer adotar esse cãozinho ou gato?”, lembra.

Ele se ofereceu para fotografar os animais do abrigo Flora e Fauna. Nunca mais parou. “A ideia é fazer com que os animais aparentem felicidade, para que as pessoas interessadas vejam que não é preciso muito para que o animalzinho seja feliz.”

“É muito triste ouvir a história deles. Ninguém merece ser abandonado porque está velho, porque está doente, ou simplesmente porque não tem mais espaço na vida das pessoas”

Neimar Soares fotografa os animais do abrigo Flora e Fauna
Neimar Soares fotografa os animais do abrigo Flora e Fauna

Fonte: Metropoles


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

RECONHECIMENTO

PRESERVAÇÃO

VAQUINHA ON-LINE

FINAL FELIZ

LEALDADE

COMPROMISSO

ESPECIAL


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>