Em perigo

Mãe e bebê orangotangos são atacados após fugirem de incêndio na Indonésia

Redação ANDA

Fotográfo capta instantes em que ativista tentam salvar os animais (Facebook/International Animal Rescue )
Fotógrafo capta instantes em que ativista tentam salvar os animais (Facebook/International Animal Rescue )

Uma fêmea orangotango de Bornéu e seu bebê conseguiram escapar dos incêndios que assolam as florestas da Indonésia. No entanto, logo em seguida, acabaram sendo atacados por moradores.

A mãe desnutrida e seu filhote foram encontrados juntos e sob estresse. Eles foram salvos pelo International Animal Rescue, após pessoas atirarem-lhes pedras e tentarem amarrá-las. De acordo com a organização, cerca de cem moradores cercavam os primatas. Os orangotangos foram rapidamente anestesiados e retirados da vila.

“Foi muita sorte nossa equipe de resgate ter chegado a tempo, caso contrário, os orangotangos teria sido mortos”, afirmou Karmele Llano Sanchez, diretora de programa do grupo à AFP.

“A mãe estava muito magra, pois ela não tinha comido durante pelo menos um mês, desde que os incêndios começaram.”

Os dois, que foram resgatados no mês passado na província de West Kalimantan, foram devolvidos a natureza, depois de exames. International Animal Rescue continua a acompanhar o caso.

“Os orangotangos foram transferidos e libertados em uma área de segura de proteção florestal e estão sendo monitorados por time de conservação para assegurar que eles se recuperem bem”, explicou a organização.

O grupo já realizou mais de uma dúzia de operações nos últimos dois meses para salvar orangotangos que saíram de seus habitats naturais.

Por causa do desflorestamento, das plantações e da caça, os orangotangos de Bornéu são considerados espécies ameaçadas de extinção. De acordo com a IFL Science, apenas 22% da população de orangotangos vive em áreas protegidas. Cerca de 49% de sua população será perdida se todos os habitats naturais fora das áreas protegidas forem destruídos.

1 COMENTÁRIO

  1. … Umas das imagens mais tristes que já vi, é realmente de cortar o coração!! E mais uma vez seres que se dizem humanos envolvidos nessa barbaridade. Mas que bom saber que pessoas de bom coração chegaram a tempo de salva-las.

  2. Por que a população atacou os bichinhos? Pelo amor de Deus gente! Quanta crueldade no coração de alguns homens, ainda bem que existem outros, do bem, que têm amor no coração.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui