Daniela Franco Lopes

Nova consultora da ANDA é pioneira em medicina quântica para animais

danieladois
Divulgação

Fátima ChuEcco/Redação ANDA – Agência de Notícias de Direitos Animais

Daniela Franco Lopes, a mais nova consultora veterinária da Anda para tratamentos homeopáticos e alternativos, tem um trabalho único em prol dos animais. Ela tem especialização em saúde e terapias quânticas tratando cães e gatos de uma forma muito mais ampla e conseguindo sucesso onde a medicina tradicional não obteve bons resultados. É consultora técnico-científica da empresa de física quântica médica Fisioquantic e da Injectcenter que fabrica homeopáticos injetáveis para tratamento de câncer em humanos e animais. Daniela é autora do livro “A Saúde Quântica para os Animais” e é pioneira nesse tipo de tratamento no Brasil, inclusive, ela forma novos profissionais na área. E é justamente enxergando os animais como seres complexos e sensíveis a essas terapias que Daniela desenvolve seu trabalho em consultório de Campos do Jordão e na Clínica Reabivet de Campinas, ambas cidades em São Paulo. Nessa entrevista ela explica seu trabalho e fala um pouco de sua trajetória.

ANDA: O que é Medicina Quântica, também chamada de Terapia do Futuro, e como se aplica aos animais?

Daniela: A medicina quântica engloba todas as terapias que lidam com energia para fins terapêuticos, ou seja, homeopatia, acupuntura, reiki, oligoterapia quântica, cromoterapia, laserterapia, eletroterapia de rife, radiestesia, ayurvédica, entre outras. Falo um pouco de todas em meu livro que é direcionado a cuidadores e veterinários. Sob as formas de diagnóstico utilizo raios X, ultrasson, ressonância magnética, pet scan, tomografia, quanthum e analiser. Utilizo também o “vega test” que é um equipamento que analisa por sistema de ressonância os elementos químicos e alergias, entre outras coisas. Todo dia surge uma coisa nova. A física quântica é uma ciência onde os recursos nunca acabam.

livro

ANDA: E por que você quis se formar em Medicina Quântica depois de já ter concluído Medicina Veterinária convencional?

Daniela: Desde o final da Universidade, quando tive o primeiro contato com a Homeopatia, já havia observado que a medicina vigente não me satisfaria. Ela nos trata como máquinas que quebram, nos manda para cirurgia, corta, costura e, se não conserta, amputa e, se ainda assim não resolve, faz eutanásia. Isso para mim foi a gota d`água. Somos sentimento, emoção e dentro de cada um de nós tem um computador quântico onde nossa mente é a maior geradora de potencial energético de cura e adoecimento. Procurei mentores científicos muitos especiais porque queria curar ou melhorar os animais sem sofrimento. Eles foram responsáveis por minha formação holística.

ANDA: Como a Oligoterapia pode ser aplicada aos animais? Em quais doenças ela pode ser usada?

Daniela: A Oligoterapia utiliza pequenas doses de minerais e metais que não servem apenas para repor esses elementos, mas também para eliminar os excessos deixados nas células como metais pesados, chumbo, alumínio, mercúrio, arsênio, ferro, platina e cadmo. Esses são os vilões de muitos males orgânicos. Tratamos animais planejando dieta equilibrada e o que não é possível sintetizar ou armazenar suplementamos via oral, injetável ou por frequência de substâncias produzidas pela física quântica e por frequências fornecidas por equipamentos que se aplicam no corpo como a eletroterapia de Rife – equipamento quântico que emite frequências curativas para qualquer tipo de doença.

ANDA: Como é feita cromoterapia em animais?

Daniela: Trabalho com um aparelho que possui um cristal facetado puríssimo que amplifica as frequências produzidas pelo Led em 10 cores. O tratamento tem o objetivo de complementar outras terapias harmonizando os campos energéticos (chacras)e meridianos. Ajuda a combater a dor e na regeneração tecidual, óssea e linfática, auxiliando pacientes com depressão ou em coma.

ANDA: Com quais outras terapias você trabalha?

Daniela: Acupuntura e reiki que é uma terapia energética que se utiliza da mente e consciência amorosa. Trata dor, medo, ansiedade e câncer. Uso ainda radiestesia com pêndulo como forma de diagnóstico e para detectar alterações que não podem ser vistas em exames convencionais. Tem ainda a geoterapia com cristais e pedras para otimizar todos os tratamentos. E estou testando um equipamento quântico de ressonância magnética inédito no Brasil que pode diagnosticar alterações moleculares, hormonais, metabólicas e vitamínicas.

ANDA: Você mescla tratamento tradicional (alopático) com as terapias citadas acima?

Daniela: Mesclo e uso de muito bom senso. Não sou radical em nada. Uso a amorosidade para convencer e mostrar o que pode ser melhor para um paciente animal. Nada impede de mesclar as duas medicinas. O que interessa é curar ou equilibrar a saúde em menor tempo possível.

ANDA: Foi na infância ou adolescência que você teve vontade de ser veterinária?

Daniela: Nasci em um lar onde todos amavam os animais de todas as formas. Cresci com animais dentro de casa, porém, apenas amar muito não nos torna capazes de enfrentar o dia a dia nos hospitais, as dores, as partidas, as aulas de cirurgia e as eutanásias. Na adolescência percebi que tinha competência emocional, amor racional e vocação, pois, ao longo de 18 anos de atuação, percebi que não preciso de nenhum aparato maquinal. Se eu tiver as minhas mãos e o coração equilibrado, com reiki e massagens revigorantes que drenam as toxinas, já resolvo muitos problemas.

daniela

ANDA: Você tem animais?

Daniela: Tenho nove cães (Taz, Dudu, Preta, Nega, Cherry, Bella, Vida, Patotinha e Francisca) e três gatos (Lince, Alanis e Suzanne). Apenas um de raça e os demais resgatados. Tenho ainda uma calopsita macho que se chama Murilo.

ANDA: Você é vegana?

Daniela: Sou há 16 anos porque me enojei dos matadouros e fábrica de laticínios que visitei enquanto estava na universidade. Não gosto que os animais sofram para eu me alimentar. No meu caso são questões íntimas, filosóficas e religiosas.

ANDA: Como tem sido a aceitação da medicina quântica?

Daniela: Nas três Américas o Brasil é o país mais científico em medicina quântica. Estamos exportando médicos, fazendo congressos e mantendo contato com diversos países. A física quântica é conhecida há um século pela sociedade moderna, mas existem artigos científicos que citam o termo “átomo” em escrituras que datam de 10 mil anos atrás. Antes de Cristo já manipulavam energia de cristais, campos quânticos e magnéticos. Tudo sempre esteve aqui, mas nossos olhos não estavam preparados para compreender.

O contato com Daniela Lopes pode ser feito pelo fone (12) 3662-5150

É permitida a reprodução total ou parcial desta matéria desde que citada a fonte ANDA – Agência de Notícias de Direitos Animais com o link. Assim você valoriza o trabalho da equipe ANDA formada por jornalistas e profissionais de diversas áreas engajados na causa animal e contribui para um mundo melhor e mais justo.

1 COMENTÁRIO

  1. Parabéns pelo trabalho pioneiro.
    A visão fechada da medicina tradicional que só trata o físico (e esse ainda somente em seu aspecto mais denso) e deixa de lado o espiritual será eliminada por completo no futuro.
    Engraçado que os seres que desde sempre foram espezinhados, explorados e excluidos, são os que estão se beneficiando primeiro com essa verdadeira medicina. Deus sendo justiça, sempre faz a justiça prevalecer, dando a esses nossos irmãozinhos a oportunidade de finalmente serem compensados primeiro após sofrerem tanta exploração humana. Que os orgulhoso continuem a serem humilhados pelas novas descobertas e mudanças de comportamento da sociedade e que os humildes finalmente se elevem e conquistem seu espaço definitivo na atuação pelo despertar e o progresso da humanidade.
    Que venha a medicina completa que trata do corpo e da alma.
    Que Deus a abençoe.

  2. Extraordinário. Que um dia tais recursos cheguem para todos, inclusive na minha cidade, onde aparece mais charlatanismo do que alternativas sérias. Eu procuro algo assim para mim também. Venho tentando há dois anos e acabei sendo obrigada a procurar um alopata mesmo porque não consegui nada com acupuntura, nem com homeopatia, nem com nada. Uma pena. Melhorei com uma técnica japonesa. Comecei a melhorar. E também ouvindo um CD quântico. Agora vou tentar também fitoterapia. Então me pego olhando para meus bichinhos, Nada nem parecido para eles onde eu moro. Sem chances. Eu aplico neles uma técnica que aprendi num sonho, com os dedos. Costuma funcionar.

  3. Sou adepta da medicina alternativa há 16 anos,desde 2011 sou vegetariana.Os animais estão presentes na minha vida desde a minha infância.Aprendi com minha mãe a amar e cuidar,de todas as espécies possíveis.Ficava amargurada em ter alternativas menos agressivas para os humanos e para os animais nada??! Já usei acupuntura,uso homeopatia e agora estou usando a medicina quântica na minha gata e estou muito feliz com o progresso.Recomendo!! Para o bem estar dos animais sempre vale a pena!!!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui