Pastor é procurado por induzir fiéis a comerem cobras vivas na África do Sul


Redação ANDA

O auto-denominado profeta sul-africano Penuel Mnguni, 24, fez com que um dos membros da sua congregação se alimentasse de uma serpente. Foto: Facebook/ End Times Disciples Ministries
Penuel Mnguni fez com que um fiel se alimentasse de uma serpente. Foto: Facebook/ End Times Disciples Ministries

O pastor sul-africano Penuel Mnguni é procurado por “abusar” da fé de seus fiéis, fazendo com que alguns comessem cobras e ratos vivos como uma forma de mostrar a sua confiança em Deus.

De acordo com ECNA, o autoproclamado profeta da congregação End Times Disciples Ministries em Soshanguve, na África do Sul, é procurado pela Comissão da África do Sul para a Promoção e Proteção dos Direitos das Comunidades Culturais, Religiosas e Linguísticas, após terem surgido fotos na internet mostrando o pastor dando cobras vivas para membros de sua congregação como uma forma de testar sua fé.

A comissão está investigando as práticas religiosas abusivas e exploradoras e tem procurado Mnguni. No entanto, até agora, as autoridades não encontraram o pastor.

Mnguni também teria convencido a sua congregação que ele tinha a capacidade de transformar pedras em pão e converter cobras em chocolate.

Em fotos postadas no Facebook, Mnguni é visto soltando cobras na boca de um membro da congregação. No post, ele cita um versículo e a argumentar que “aqueles com forte confiança no Senhor são capazes de comer tudo.”

Depois que as fotos circularam na mídia, Mnguni foi preso por alguns dias depois, mas libertado sob fiança.

“Cobras não devem ser consumidas por um ser humano, especialmente vivas. Isso é cruel”, afirmou Andrew Kekana, da Sociedade de Proteção a Crueldade contra Animais (SPCA).


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

SOB INVESTIGAÇÃO

AGRESSÃO BRUTAL

INSTINTO

VIDA NA RUA

RESPEITO E AFETO

FINAL FELIZ

TRISTEZA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>