Ratão-do-banhado é resgatado e devolvido à natureza em Serafina Corrêa (RS)


Por Adriana Sabadin (em colaboração para a ANDA)

Divulgação
Divulgação

A equipe da Secretaria de Meio Ambiente de Serafina Corrêa deslocou-se à Rua Orestes Assoni, no dia 09 de Outubro de 2015, para atender ao chamado de uma moradora que encontrou um ratão-do-banhado em sua casa. A espécie é nativa do Rio Grande do Sul, vive em locais úmidos, próximos a rios e banhados, alimentando-se principalmente de gramíneas, raízes e plantas aquáticas. O animal estava assustado, encolhido em um canto e, embora não oferecesse nenhum tipo de perigo
às pessoas, foi necessário fazer resgate para protegê-lo, pois poderia deslocar-se para a rua, onde havia o risco de ser atropelado ou de entrar em outros terrenos e ser atacado por algum cachorro. Desse modo, foi acionado o Corpo de Bombeiros Voluntários de Serafina Corrêa, que possui equipamentos adequados e pessoal treinado para agir nesse tipo de situação. Após o resgate, o ratão-do-banhado foi devolvido à natureza, em local com as características de seu ambiente
natural.

Divulgação
Divulgação

Sempre que algum animal silvestre for encontrado em casas ou terrenos, deve-se evitar tentar capturá-lo, mexer nele ou gritar, pois essas ações podem machucá-lo, causar muito estresse ou alguma reação agressiva, que nada mais é que uma tentativa de defesa, pois ele pensará que está sendo atacado. Na maioria das vezes, o animal seguirá seu caminho sozinho, pois está apenas de passagem. Caso ele não consiga sair ou esteja ferido ou em situação de perigo, a Secretaria de Meio Ambiente deverá ser chamada para avaliar a situação. A Secretaria de Meio Ambiente, em nome da Prefeitura Municipal, agradece a os todos envolvidos no resgate, em especial aos Bombeiros Voluntários, que prontamente se dispuseram a ajudar nessa importante ação em defesa da natureza.

Divulgação
Divulgação

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

AMOR

RIO DE JANEIRO

ALTERNATIVA VEGANA

GENEROSIDADE

REABILITAÇÃO

EMPATIA

RECEPÇÃO

FINAL FELIZ


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>