Motorista de van atropela cachorro e sai sem prestar socorro em Presidente Prudente (SP)


(Foto: Imagens Google)
(Foto: Imagens Google)

Um empresário de 30 anos alega que seu cachorro foi atropelado por uma motorista de van, que saiu do local do acidente sem prestar socorro ao animal. O caso foi registrado nesta sexta-feira (9), na Delegacia Participativa de Presidente Prudente, como “fuga do local de acidente”, de acordo com o Código de Trânsito Brasileiro.

O empresário disse à polícia que o atropelamento foi na Rua Carlos Gargantini. Consta no boletim de ocorrência, que a van Kia Besta, placas de Presidente Prudente, era conduzida por uma mulher, que informou apenas seu primeiro nome.

O homem alega que ela atropelou o animal de porte médio, parou o veículo – que faz o transporte escolar – e se recusou a descer para prestar socorro ao cão. Ela saiu do local sem dar mais informações e o empresário anotou a placa do veículo, que foi passada para a Polícia Civil.

Ainda segundo o BO, o cachorro foi socorrido por um médico veterinário, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. O homem afirmou também que o tratamento custou R$ 280.

Fonte: G1


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

MAUS-TRATOS

EMPREENDEDORISMO

AÇÃO HUMANA

CONSCIENTIZAÇÃO

ABUSO

ÓRFÃO

COREIA DO SUL

SOB INVESTIGAÇÃO

RETROCESSO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>