Flagrado com 7 filhotes de periquitos, rapaz diz que iria 'presentear amigos'


Pássaros foram apreendidos em casa (Foto: Polícia Militar/ Rondonópolis-MT)
Pássaros foram apreendidos em casa (Foto: Polícia Militar/ Rondonópolis-MT)

Sete filhotes de periquitos foram resgatados em uma casa em Rondonópolis, a 218 km de Cuiabá, esta segunda-feira (28). O resgate ocorreu no Bairro Jardim Arco-íris após denúncia anônima. Segundo a Polícia Militar, o rapaz que estava com os animais tem 18 anos e não portava nenhum documento de identificação.

O responsável pelos pássaros era um rapaz de 18 anos. Em depoimento, ele confessou que estava com os animais havia quatro dias e que pegou os pássaros em uma fazenda em São José do Povo. Disse ainda que pretendia presentear os amigos com os pássaros.

“Ele contou que iria dar os pássaros para os amigos dele como presente, mas as pessoas que denunciaram o crime alegaram que ele estava revendendo os animais, o que é proibido”, disse o sargento da Polícia Militar, Silvano Lippaus.

Conforme a polícia, não foi possível aplicar multa, pois o jovem não estava com nenhum documento de identificação.

Ele foi encaminhado para a 1º Delegacia de Polícia de Rondonópolis e deverá responder por crime ambiental. A pena de detenção para quem criar animal silvestre sem autorização pode variar de seis meses a um ano, além de multa.

A Companhia da Polícia Militar de Proteção Ambiental foi acionada para fazer a retirada dos animais do local. De acordo com o major da Polícia Militar, Ernesto Xavier de Lima Júnior, os pássaros ficarão no quartel até que aprendam a voar. “Eles têm no máximo 30 dias de vida e vão ficar aqui até aprenderem voar e depois soltaremos eles”, explicou.

Fonte: G1

Nota da Redação: Como nós, os animais nasceram para viver livremente. Manter um animal engaiolado é um dos crimes mais cruéis do ponto de vista ético. Infelizmente as nossas leis ainda permitem que algumas espécies de aves sejam caçadas, comercializadas e aprisionadas apenas para satisfazer a ganância e os desejos inconscientes e cruéis de algumas pessoas. Não podemos mais aceitar calados este tipo de prática como também todas as outras que tratam os animais apenas como mercadoria ou objeto de decoração. As leis precisam avançar e proibir qualquer forma de manutenção de animais em cativeiro.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

MASSACRE

ESTUDO

FINAL FELIZ

MIGRAÇÃO

EXPLORAÇÃO

APELO

LUTO

FLORIANÓPOLIS (SC)

SÃO PAULO

INOVAÇÃO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>