Vila isabel (rj)

Depois de noite nos bombeiros, gatos que caíram de janela irão para abrigo

Gatos resgatados estão no quartel do Corpo de Bombeiros de Vila Isabel. (Foto: Janaína Carvalho/ G1)

Os dois gatos que caíram do quarto andar de um prédio de Vila Isabel, na Zona Norte do Rio, ficarão no abrigo da Sociedade União Internacional Protetora dos Animais (Suípa), de acordo com oficiais do Corpo de Bombeiros.

Agentes que participaram do resgate dos animais, nesta terça-feira (1º), afirmaram que eles estão bem maltratados. O tenente Leandro Leão disse que o bombeiro que desceu de rapel se surpreendeu. “Quando ele desceu e passou pela janela, viu, por relance, em um cômodo apenas, cerca de 15 gatos no meio de fezes e sujeira.”

A mesma equipe esteve no local para resgatar os dois gatos, que tentavam sair do apartamento pela janela. “Quando entrou a [segunda] solicitação, não acreditei que era no mesmo local, mas quando cheguei lá, vi que eles tinham conseguido romper o lacre da tela que colocamos de manhã. E a todo momento tinha outros gatos querendo sair pelo mesmo local.”

FAÇA PARTE DO #DiaDeDoarAgora EM 5 DE MAIO

Vizinhos contam que, ao todo, cinco gatos já caíram do apartamento, onde vivem cerca de 50 animais.

Relatos dos vizinhos

“Ontem (terça-feira) quando minha faxineira chegou que avisou que tinha um gato em cima do ar-condicionado e que ia despencar aqui de cima. Foi aí que resolvemos ligar para os bombeiros. À noite, a mesma situação se repetiu e ligamos novamente para o quartel. Se os gatos estão saindo pela janela é porque não estão aguentando mais essa situação”, afirmou a dona de casa Andreia Lima Damasceno, de 38 anos, que fez as imagens dos dois resgates.

Mas nem todos os desfechos foram felizes, com os animais sendo resgatados. Segundo os vizinhos, há cerca de um ano um dos felinos morreu ao cair da janela e há dois meses outro caiu e ficou muito ferido.

“Ela [dona do apartamento] coloca uma madeira na janela. O gato deve ter subido nessa madeira e caiu lá embaixo e morreu. Foi horrível. A grade de madeira ainda atingiu um carro e o morador processou ela (proprietária do imóvel e tutora dos gatos)”, lamentou Andreia.

O gato que ficou ferido, segundo a síndica do edifício, foi socorrido por outra moradora, que o levou para o veterinário e adotou o animal. “A Elaine pegou o gato ensanguentado e socorreu imediatamente. O veterinário ficou com pena da situação e cobrou apenas R$ 300. Ele teve que colocar placas no corpo, ficou todo quebrado. Agora que está se recuperando”, contou Gláucia Lopes, de 37 anos, lembrando que em fevereiro deste ano um animal também caiu da janela do quarto andar, mas sobreviveu e fugiu do local.

Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui